domingo, 29 de abril de 2012

sábado, 28 de abril de 2012


MIGUEL PORTAS | Este sábado é a despedida. Tratou a vida por tu. 
E insistiu em que todos o fizéssemos. Não o esqueceremos. 
Muito obrigado, Miguel.
facebook

sexta-feira, 27 de abril de 2012

LE PETIT PRESIDENT | O traste que ainda governa França, apareceu-me aqui em casa (RTP 2) a mentir descaradamente sobre a popularidade dos portugueses, e sobre os culpados da crise medonha que ele e a sua madrinha alemã não conseguem controlar. O homem é um vulgar trauliteiro que adapta o discurso às suas necessidades. Mas este comportamento nada tem de vulgar entre esta gente da direita que quer empobrecer a população para depois brincar à caridade. Eles brincam com a vida das pessoas. As pessoas para esta gente horrível são números. Contam para votos e pouco mais. Oxalá esta criatura inenarrável saia de cena nos próximos dias. Oxalá.
facebook

quinta-feira, 26 de abril de 2012

ENTENDIMENTO ALARGADO | Cavaco está agora preocupado com a imagem de Portugal no mundo. Fala em sentido de responsabilidade. "Não é combatendo-nos uns aos outros que resolvemos os problemas", disse. Já lá vai o tempo em que não era nada assim. Era ele o primeiro a partir a loiça. Agora até esqueceu o limite para os sacrifícios. A direita aplaudiu. A esquerda percebeu tudo: estamos feitos com esta gente.
facebook

quarta-feira, 25 de abril de 2012


terça-feira, 24 de abril de 2012

MIGUEL PORTAS | Triste. Como é que isto pode acontecer? Em vésperas de mais uma comemoração da Liberdade, morre o Miguel. Não vou aqui recordar os momentos em que repartimos trabalhos políticos e bifes fora de horas. Recordo o amigo. Recordo as atitudes do humanista, do homem de esquerda, do homem de cultura. Um grande homem. Muito obrigado, Miguel. Já tenho saudades.
facebook

segunda-feira, 23 de abril de 2012

LIBERDADE ZERO? | Mário Soares desvincula-se das comemorações do 25 de Abril na Assembleia da República. A decisão não me choca. Percebo. Sempre comemorei a Liberdade e nunca meti os presuntos nos Passos Perdidos no dia da dita. Prefiro outros passos. Por falar nisso: já viram a festa que a PSP está a preparar?
facebook

sábado, 21 de abril de 2012

ENSAIO SOBRE A LOUCURA | A execução orçamental não está a correr nada bem. Frasquilho, um louco que o PSD pôs a justificar o atropelo, diz que não está nada preocupado. Estamos perante a maior normalidade deste mundo. 
Entretanto, Cavaco diz que está confiante: a situação do País melhorará mais depressa do que o previsto. Percebemos a sua confiança, senhor Presidente. É por isso que não confiamos em si.

facebook

sexta-feira, 20 de abril de 2012

A VOZ DO DONO | Se fossemos a votos no próximo domingo, o PSD voltaria a ganhar. No entanto Seguro ultrapassa Passos nas intenções de simpatia do bom povo português. Mas a esquerda em geral parece que não anda nas boas graças dos eleitores. Sinceramente, não percebo nada. Entretanto tenho estado a ouvir uma Nilza qualquer justificar este sucesso governativo. A senhora pertence ao partido do Governo e daí estar ali a dizer disparates aos ouvidos de um Mário Crespo babado. Só faltava agora, também na mercearia de Crespo,  Guilherme Silva aparecer a louvar, com ar bastante combalido, a capacidade de sacrifício do povo português. Já não há mesmo paciência. Às vezes dá mesmo vontade de sugerir a substituição desta gente toda. Povo incluído.
facebook


FRANÇA E NÓS | É possível que a coisa mude em França. Se a coisa mudar em França, é possível que as coisas na Europa também mudem um bocadinho. Oxalá a coisa mude em França.
facebook

quinta-feira, 19 de abril de 2012

OS EUNUCOS DEVORAM-SE A SI MESMOS | O Dr. Passos, em Londres, na residência oficial ocupada por um seu parceiro ideológico, fez ironia com o 1º de Maio para justificar os atropelos que pensa cometer ao acordo que assinou com quem o quis seguir. Vale tudo. Nada nem ninguém é respeitado. Já sabíamos que esta gente é assim. Estes excessos apenas confirmam comportamentos banais.
facebook

quarta-feira, 18 de abril de 2012

NADA A ASSINALAR | Os jornais falam nisso. As televisões também. Os deputados da oposição levaram o assunto à Assembleia da República. Mas, o secretário de Estado do Ensino diz que não tem dados que permitam confirmar a existência de abandono escolar. Tudo está bem, quando acaba em bem. Assim vai Portugal: O Governo bem e os portugueses mal.
INSEGURANÇA SOCIAL | A situação complica-se. Mete medo. A educação e a sua avaliação derrapam para tempos de má memória. A saúde deixa de ser prioridade do Estado. A segurança dos cidadãos também. Para o neo-liberalismo tudo deve ser negócio. Um país deve ser uma empresa inscrita em rentáveis desenvolvimentos. Não dá dinheiro?, acaba-se com a coisa, encerra-se, corta-se o mal pela raiz. Os impostos que pagamos? Mas isso dá para alguma coisa? Tenham juízo. Tratem-se. No privado, é claro. Que aqui não há serviço de quartos.

terça-feira, 17 de abril de 2012


O REI DA SELVA | Não percebo. Mas então um rei já não pode fazer o que muito bem entende? Rei é rei. Se lhe apetecer tratar por piolheira os seus humildes súbditos, onde reside a dúvida?! Se lhe apetecer alinhar numa caçada, onde é que está o problema?! E é claro que rei não vai perder tempo atrás de lebres e tordos. Um rei caça grosso. Elefantes são presa ideal para um monarca que se preze. Não queremos cá misérias.

ESPINGARDAS E EMOÇÃO | Quando um criminoso chora, chora porquê?


JOSÉ MANUEL TENGARRINHA | Foi homenageado pela Câmara de Lisboa. Fez oitenta anos. Vida intensa. Na política e na universidade. Assim de repente só tenho a dizer que merece esta homenagem e muito mais. Parabéns.

segunda-feira, 16 de abril de 2012


A DDLX E OS LIVROS | Esta foi a primeira colaboração com a editora Planeta Manuscrito. Embrulhámos a obra nesta capa que espero seja do agrado do público frequentador das livrarias. Centazzi foi descoberto por Pedro Almeida Vieira e agora apresentado à população leitora. O lançamento é logo à tarde - seis e meia em ponto - na FNAC- Chiado. Até lá.

sexta-feira, 13 de abril de 2012


UMA MÃO CHEIA DE NADA... | O ministro da propaganda deu uma entrevista a Sandra Sousa, na RTP 1. O ministro da propaganda fala como pode e sabe. Pode e manda, sabe o que sabe e fala muito. Mas ficamos com a sensação de que nada aconteceu.
Nada de novo. Nadinha. Como sempre.

quinta-feira, 12 de abril de 2012

FAZ O QUE EU DIGO... | Os números avançados pelo Governo como previsões razoáveis não batem certo com os resultados. Os cuidados de saúde são atirados às urtigas. O ministro da Educação faz regressar o nível dos primeiros anos de ensino ao tempo dos mestres-escola. A gasolina aumenta a um ritmo nunca visto e Paulo Portas não ameaça ir abastecer o automóvel a Espanha. Provavelmente por que agora não é ele que paga o combustível. Nem os camionistas ameaçam paralisar o País. Parece que agora a crise é mesmo importada e não por culpa exclusiva do anterior Governo. Tudo pode ser alterado devido ao que poderá acontecer por essa Europa fora. Apesar de tudo isto, parece que é tudo isto que tem de ser feito. Como se nós fossemos todos parvos e acreditássemos piamente nestes vendedores de segunda. Eles é que sabem. É isto ou a bancarrota. Depois deste esclarecimento, apresentam como desígnio nacional o empobrecimento. É esse o grande objectivo. Bem, mas nem todos têm que aderir às privações. Ainda hoje vi sair um desses pregadores de um restaurante caríssimo. Cá fora era esperado pelo motorista. O carro era de alta cilindrada. Confesso que agora isto me choca. Quem os vê na tv, e quem os vê por aí. Puta que os pariu.
facebook

domingo, 8 de abril de 2012



IMBECIS | A direita no poder pode chegar a este ponto.
A imbecilidade não é factor a excluir da sua actuação.
facebook


PALAVRA DO SENHOR | Bispo espanhol garante o inferno para os gays. Já a pedofilia, desde que praticada por padres católicos, envia os seus praticantes direitinhos para o céu. É limpinho. Ainda há por aí quem se indigne com as declarações de Ratzinger sobre a interdição do sacerdócio a mulheres. Que mulher quereria partilhar o altar com esta gente?!
facebook

sábado, 7 de abril de 2012

sexta-feira, 6 de abril de 2012

O MINISTRO E A JUSTIÇA | O ministro Mota Soares - o da lambreta, lembram-se? - resolveu cortar a direito nas pensões de quem mais necessita. A ideia é combater fraudes. O estado demite-se assim de uma das suas funções: perceber como funciona a sociedade que gere. Para que não restem dúvidas, fica toda a gente aviada pela mesma medida. Passam a pagar os que enganam o Estado e os que cumprem. Ora se o ministro fosse de lambreta para um sítio que eu cá sei...
facebook

quinta-feira, 5 de abril de 2012

O MINISTRO E A CIRCUNSTÂNCIA | Vitor Gaspar, o infelizmente ministro das finanças que nos calhou em má sorte é, com todo o respeito, um palerma. Como se não bastassem as suas atitudes de política de trazer por casa - cortar como se não houvesse amanhã -, agora deu em exibir um humor de gosto bastante duvidoso. O homem anunciou que ía explicar devagar as circunstâncias trapalhonas em que se viu envolvido. Não sei se está a gozar com ele próprio, o que seria saudável, ou se está a chamar-nos estúpidos a todos. Tudo é espectável, neste Governo de labregos engravatados.
facebook


RECEITUÁRIO | Clique na imagem para a ampliar.

quarta-feira, 4 de abril de 2012

A BOA E A MÁ MOEDA | Carlos Moedas assegura que as tropelias e cortes só vão durar até 2014. Entendido. Depois disso nada será como até agora. Vem aí a pobreza alternativa. Não há outro caminho, não é verdade? Seremos os inevitáveis pobres, carregados de contemporaneidade, que encherão de orgulho os nossos honrados governantes. É claro que a interrupção da inefável austeridade nada terá a ver com o processo eleitoral que a seguir espreitará. Nada disso. O nosso prestimoso Governo nem pensa em tal coisa. Percebido, cidadão Moedas. Só que nessa altura já estaremos todos muito cansados e fartos da espoliação. Fartos de financiar a troika, os herdeiros de Cavaco e mais o diabo que os carregue a todos. É que a paciência das pessoas não é eterna.
facebook

terça-feira, 3 de abril de 2012

O SEGURO MORREU DE VELHO | António José Seguro está bravo com as acusações de Marcelo Rebelo de Sousa. O comentarista ex-líder do PSD mentiu e insultou, assegura Seguro. Sinceramente não entendo os motivos de tamanha irritação. As mentiras e arruaças dominicais de Marcelo deveriam derrapar no soalho da indiferença do responsável do PS. Com este comportamento arrisca-se a dar razão ao manteigueiro professor quando o acusa de líder fraco. Há coisas que não merecem tanta atenção. Esta é uma dessas coisas. Enquanto isto, os delinquentes que nos governam continuam a agredir-nos diariamente. Deixe lá o professor divertir-se e olhe para o dr. Passos. Esse sim: perigoso.
facebook

segunda-feira, 2 de abril de 2012

SÃO OS MORDOMOS DO UNIVERSO TODO | Estive a ouvir vários comentaristas, em vários programas televisivos, e cheguei a uma conclusão comovente: todos vivemos acima da média, e é excelente que a contestação social seja civilizada e ordeira. Dito de outra maneira: é esta gente que se portou mal e provocou a crise, que decreta qual é o bom ou o mau comportamento dos que nunca tiveram posses para provocar crise nenhuma. Como se fosse normal que, nesta situação de pulhice organizada - em que os de sempre se governam e opinam, ou mandam opinar de forma ordeira - os governantes e seus seguidores não estivessem já a ser contestados de forma pouco ordeira, ou seja: civilizada de facto. Esta gente lamentável reconhece que há gente em dificuldades, mas isso não é nada com eles.
facebook
+