terça-feira, 21 de janeiro de 2020

RECEITUÁRIO | Edições dos nossos dias com as nossas preocupações de todos os dias. O livro é de Gonçalo Duarte. A opinião é de Pedro Vieira de Moura. Vale a pena o consumo - do livro e da opinião.
Fonte LER BD
facebook

sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

OS GRANDES ANIMAIS | É o novo livro da Inês, publicado pela abysmo. O lançamento é hoje à noite, na Barraca. Lembrei-me de vos lembrar. Até logo.
facebook
NAZISMO NÃO RIMA COM CULTURA | Afinal, Bolsonaro e seus capangas não são fascistas. Pelos vistos preferem ser inscritos na caderneta nazi. E arranjaram um seguidor da anti-cultura, inspirado pelo nazi que puxava da pistola quando lhe falavam da dita, para confirmar o aconchego à ideologia filha da puta, os filhos da puta.
Fonte GLOBO
facebook

quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

PENSAR EM VOZ ALTA | A Filosofia voltou à Casa Da Cultura | Setúbal. Entre outras coisas a reter, diz o João Paulo Cotrim:
CASA DA CULTURA, SETÚBAL, 10 JANEIRO
Em modo trimestral, regressamos à «Filosofia a Pés Juntos», esse momento higiénico de saudável pensamento, a destoar do abundante vómito de imbecilidades que desaguam nas redes, nos jornais, nas televisões. O António [de Castro Caeiro] propôs-se recuar aos anos 1920 para partir o conceito de «umwelt», cunhado pelo homem de ciência, Jakob Johann von Uexküll, e logo aproveitado pela filosofia.
Onde aqueles viam meio ambiente, habitat, ecossistema, logo os outros definiam mundividência e cosmovisão. Facilito e abrevio, claro, mas o essencial que guardo da noite está na complexidade com que interpretamos o que nos rodeia. E a variedade de mundos que a vida nos proporciona, a do animal e do humano, mas também a das coisas. Pulsam objectos e sujeitos para onde quer que nos viremos. Sendo que os mundos, como as vidas, são simultâneos.

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020



HOJE HÁ TEATRO | ... E nos próximos dias também.
A MÁQUINA HAMLET! de Heiner Müller, pelos Artistas Unidos. Com João Pedro Mamede, Américo Silva, Inês Pereira, André Loubet, Hugo Tourita, João Estima, João Madeira e José Vargas e encenação Jorge Silva Melo.
Aproveito para informar que a próxima exposição na galeria da Casa Da Cultura | Setúbal é de fotografia e é assinada pelo autor destas imagens aqui reproduzidas. O senhor chama-se Jorge Gonçalves. Em breve segue convite para a abertura.
facebook

terça-feira, 14 de janeiro de 2020

UNS JÁ O SABEM, OUTROS NÃO TANTO... | Pedro Cabrita Reis responde aos arautos do miserabilismo e da cultura poucochinha. Texto esclarecedor, ou nem tanto. Os arautos do "antigamente é que era bom" passam por estes esclarecimentos como cão por monumento. É a vida.
A linhas tantas, diz o Pedro: Parece ainda haver quem ache que uma obra de arte só o seria quando ornada pelo sofrimento, perlada pelo suor do trabalho, arrancada com a fúria própria de vulcões emocionais que, incendiando o atelier, trariam por fim o fulgor da Mão, sem a qual a Obra não teria a patine da Verdade, assinatura espiritual e insubstituível do Artista, criatura demiúrgica tocada pelo Destino.

Reivindica-se aqui um modelo inventado pelo Romantismo, imagem hoje anacrónica mas que ainda perdura. Pobre figura, isolada e melancólica na solidão obscura do seu atelier, abandonado por todos, perseguido pelo senhorio e assediado pelo dono da tasca, marginalizado enquanto pessoa e rejeitado enquanto artista, prestes a suicidar-se ou, no melhor dos casos, a cortar uma orelha, mas inexorável e infatigavelmente artesão. Tocado por Deus que lhe ilumina as mãos, cria então a Obra, assim se revelando finalmente como Artista.

Lamento, mas já não é bem assim. Uns já o sabem, outros não tanto... 
Fonte Público
facebook

segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

REGISTO CIVIL | As grandes imagens do mundo.
Fotografia de Dorothea Lange
.

domingo, 12 de janeiro de 2020

OS JUSTICEIROS TROCA TINTAS | Não me venham que aquela: " não falem na figura. Não lhe dêem importância". O Expresso informa que o deputado da cofina está "pronto para avançar para Belém". As hipóteses de isso acontecer "ainda" serão nulas, e esperemos que a coisa se mantenha assim. Mas é facto que a cofina avança em todas as frentes com as "opiniões" de avençados sem vergonha que se dispõem a fazer o papel de "loucos defensores das verdades", tentado sempre ir ao encontro do que as pessoas querem ouvir. Não param. Parecem doidos, mas não são: são simplesmente arautos de uma vontade escondida com vontade de lixar isto tudo. Que é como quem diz: a democracia. Esta é que é a verdade. Eles andam aí, mesmo. É preciso combatê-los. Descuidos podem ser fatais.
facebook

sábado, 11 de janeiro de 2020


FILOSOFIA E VIDA | O mundo da vida. A vida de todos nós. A filosofia pode ajudar-nos a ver as coisas que nos rodeiam. Coisas boas, coisas más, coisas simples e coisas complicadas. A filosofia ajuda a perceber. A perguntar.
Foi uma excelente aula, esta que nos deu António De Castro Caeiro, "provocado" por João Paulo Cotrim. A Filosofia a Pés Juntos passa a ser trimestral. Sempre nas segundas sextas-feiras do primeiro mês do trimestre. Vamos avisando.

Fotografias de Fernando Pinho
facebook

sexta-feira, 10 de janeiro de 2020

... E hoje há FILOSOFIA A PÉS JUNTOS, com António De Castro Caeiro e João Paulo Cotrim. Avisados.
facebook

quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

ATÉ JAZZ | De 17 a 25 de Janeiro, Setúbal vai ter o melhor Jazz tocado por músicos portugueses. É a 9ª edição do Jazz Fest. Imperdível.
facebook

terça-feira, 7 de janeiro de 2020



QUEREMOS SER TODOS LIVRES, SEMPRE | Foi há cinco anos. Um grupo de pessoas que faziam o Charlie Hebdo morreu num ataque cobarde. Percebemos então que uma iniciativa que celebrasse o trabalho dos ilustradores fazia sentido. Nasceu assim a Festa da Ilustração - Setúbal. Os cartunistas que morreram foram homenageados logo na primeira edição da Festa. André Carrilho, convidado desse ano, juntou este desenho, que publicou no DN, aos demais trabalhos da sua exposição individual, na galeria da Casa Da Cultura | Setúbal. Na Festa de 2019 homenageámos os artistas assassinados com uma exposição de um deles: TIGNOUS. Cristina Sampaio, amiga da família do autor e convidada da Festa de 2019, fez contactos e ajudou na preparação Da exposição no Museu do Trabalho Michel GiacomettiChloé Zoladz-Verlhac, companheira de Tignous, deslocou-se a Setúbal para testemunhar o reconhecimento. Todos foram lembrados. Lembramos agora de novo este assassinato que nunca deveria ter acontecido. E prometemos continuar a lembrar, a viver e a festejar a liberdade.
Fotografias de Fernando Pinho e Misé Pê.
facebook

segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

FILOSOFIA A PÉS JUNTOS | Primeira sessão do ano. A Filosofia regressa à Casa Da Cultura | Setúbal. António De Castro Caeiro vai voltar ao nosso convívio e insiste em pensar connosco.
João Paulo Cotrim vem com ele para que a conversa propague. Estas conversas são imperdíveis. Mesmo. Digo eu...
facebook

domingo, 5 de janeiro de 2020

SOMOS AUSTRÁLIA | A Cristina Sampaio percebeu assim o que se está a passar na Austrália. Desespero. Desalento. Mas o mundo tem de acordar. O clima está a ditar regras. É preciso alterar isto. Solidariedade com a Austrália. E com o mundo.

sexta-feira, 3 de janeiro de 2020


COMO ME HEI-DE EU QUEIXAR NESTA DOLÊNCIA | Em janeiro de 2020 passam 415 anos sobre a primeira edição de DOM QUIXOTE DE LA MANCHA, de Miguel de Cervantes. Esta grande obra da Literatura mundial é assim relembrada e celebrada em Setúbal, pela pintura de um artista que encontra em Cervantes fonte de inspiração permanente. O desafio foi lançado ao pintor e o resultado estará à nossa frente a partir de dia 4 de Janeiro. Depois as exposições vão estar nas galerias da Casa Da Cultura | Setúbal e da Casa da Avenida durante todo o mês. Interpretação singular desta obra única.
No Espaço Ilustração, também na da Casa da Cultura, abre também uma exposição/documento com as imagens da Festa da Ilustração 2019. Fotografias de Fernando PinhoMaria Luísa CMisé PêMário Peneck e João Humberto Viegas.
facebook

quarta-feira, 1 de janeiro de 2020



ESPERANÇA | O ano que agora dá os primeiros passos poderá ser um tempo de esperança. Esperança nas novas gerações contra as quais os velhos do retolho bramam. Bramam contra uma juventude com opiniões. Uma juventude que não se limita a sentar-se nos banquinhos das escolas para aprender o que os crescidos — os que estão a dar cabo disto tudo — lhes têm para dizer. É na escola que tudo começa. É na escola que se deve perceber o que está evidentemente errado. É na escola que se devem começar a tomar atitudes. Há portanto uma juventude que nos dá esperança. Esperança no futuro: ouviram, estúpidos?!
facebook

terça-feira, 31 de dezembro de 2019

A CURVA DO RIO | Como Pessoa também não entendo que as mudanças se façam porque o calendário dita uns festejos. Mas, pronto, algo recomeça, mais passas menos passas, mais espumante menos espumante. Que seja a continuidade do bom que nos está a acontecer, ou, caso as coisas não estejam assim tão bem, que melhorem rapidamente. A eliminação da hipocrisia, da ignorância e dos novos fascismos (sim, eles andam aí) faz-se todos os dias do calendário. É o que eu desejo.
facebook

segunda-feira, 30 de dezembro de 2019


O FIM É AMANHÃ | Amanhã, dia último do ano que termina, encerra a Casa Pereira. Frequento este sítio desde que trabalho na zona da Baixa-Chiado: já passaram vinte anos. O café era o motivo principal das deslocações. Mas também juntava ao avio chocolates, vinhos do Porto e outras delicadezas. Fui lá hoje pela última vez. Trouxe café, e fui despedir-me do senhor Francisco e seus adjuntos. O filho aconselhou-me o local onde deverei ir comprar a partir de agora o café - pedi sempre o "mais aromático". Simpatia até ao fim. Vou ter saudades deles. Somos felizes onde nos tratam bem.
facebook

domingo, 29 de dezembro de 2019

VAUGHAN OLIVER | As capas da 4AD marcaram. Morreu um designer que marcou um tempo.
Fonte Blitz
facebook

sábado, 28 de dezembro de 2019



GOVERNO/ANEDOTA | Gregorio Duvivier em brilhante resposta aos imbecis que governam o Brasil. Imperdível.
facebook

sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

PLAY TIMES | El Roto, sempre.
facebook

segunda-feira, 23 de dezembro de 2019

COMO ME HEI-DE EU QUEIXAR NESTA DOLÊNCIA | Em janeiro de 2020 passam 415 anos sobre a primeira edição de DOM QUIXOTE DE LA MANCHA, de Miguel de Cervantes. Esta grande obra da Literatura mundial é assim relembrada e celebrada em Setúbal, pela pintura de um artista que encontra em Cervantes fonte de inspiração permanente. O desafio foi lançado ao pintor e o resultado estará à nossa frente a partir de dia 4 de Janeiro. Depois as exposições vão estar nas galerias da Casa Da Cultura | Setúbal e da Casa da Avenida durante todo o mês. Interpretação singular desta obra única. A não perder. Até lá.
facebook

sábado, 21 de dezembro de 2019

A LUZ DE NATAL | E hoje há grande música no Fórum Municipal Luísa Todi - SetúbalPhilip Glass: A Luz - Orquestra Académica Metropolitana, em performance dirigida pelo maestro JeanMarc Burfin. Lá estarei, nem que chovam picaretas. Salvo seja.
facebook

sexta-feira, 20 de dezembro de 2019

MENINA DO RIO | Ermelinda do rio, é o nome que foi dado ao espectáculo. Narra a ternura da infância, a compreensão das coisas, a revolta. As cheias que mataram gente, gente tão próxima, mas que o regime fascista escondeu do conhecimento de todos nós. O texto de João Monge tem em Maria João Luis a interpretação de excelência. O ambiente cénico é tão bonito... E a música de José Peixoto esclarece o drama. Que espectáculo. Que texto. Que actriz.
Eu vi a peça hoje, no Fórum Municipal Luísa Todi - Setúbal. Se souberem que vai estar por perto, não a percam. Faz bem ver coisas assim.
TEATRO DA TERRA. João Monge, texto; Maria João Luís, encenação e interpretação; Miguel Leiria Pereira, Sofia Queiroz Orê-Ibir e Sofia Pires, contrabaixistas; José Peixoto, música.
facebook

quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

VENTURAS E DESVENTURAS NA AR | Vergonha é haver entre o pouco pessoal que vota, gente num nível de esclarecimento político tal que elege um parvalhão sem vergonha nenhuma na cara. Isso é que é uma vergonha. O resto é falta dela.
Esclareço: claro que estou de acordo com quem acha excessiva a importância que se dá ao energúmeno. Prometo que não cairei nessa esparrela com grande frequência, mas às vezes é preciso lutar contra estes arautos de uma nova justiça que não é justiça nenhuma: é a sua anulação. E, já que estou com a mão na massa: aqui não serão postadas fotografias do animal. É a minha contribuição para reduzir o bicho à insignificância que deveria ter. Era só.
facebook

quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

PATXI ANDIÓN | Morreu Patxi Andión. Autor de música inesquecível. Conhecedor de perto da realidade portuguesa. Grande amigo de José Afonso. Triste notícia. Dia triste.
Imagem: Alexandre O’Neill, Patxi Andión, José Nuno Martins e José Afonso num encontro em Lisboa.
facebook

terça-feira, 17 de dezembro de 2019

MUITAS E BOAS FESTAS | Olhem, é o que eu vos desejo: que tudo corra bem. Vamos continuar a andar por aqui. Todos os dias, de preferência.
Até já.

facebook

segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

RECEITUÁRIO | Além de Guilherme de Oliveira Martins, administrador da Fundação Calouste Gulbenkian, estarão presentes na cerimónia, para apresentar o livro, Vasco David (editor da Assírio e Alvim), Fernando Pinto do Amaral (poeta) e David Ferreira. Jorge Silva Melo lerá ainda alguns poemas e Camané cantará alguns fados com letra de David Mourão-Ferreira. A entrada é livre.
facebook

sábado, 14 de dezembro de 2019

ANNA KARINA | Dizermos que morreu é tão pouco, quando o que mais fez foi viver. E viveu tão bem e fazendo tanta coisa boa.
facebook
PRÉMIO PESSOA PARA TIAGO RODRIGUES | Merecido. Aplaudido. Parabéns, Tiago Rodrigues.
facebook

quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

DESIGN DE COMUNICAÇÃO | Da série Grandes Capas. 
facebook

terça-feira, 10 de dezembro de 2019

UM PAÍS ÀS ESQUERDAS | Um governo de centro-esquerda em mundo onde a extrema-direita ganha terreno, ainda por cima liderado por mulheres jovens, tolerantes, inteligentes e entusiasmadas, é obra. Nem tudo está podre, no reino da Dinamarca. Perdão, na república da Finlândia.
facebook

sábado, 7 de dezembro de 2019



TOM WAITS | Tom Waits faz hoje setenta anos. Tantos anos a existir com a vida à flor da pele. Tão boa, esta existência. Parabéns, senhor Waits.
facebook
OLHA QUE A SOPA ARREFECE | Já a minha avó me dizia: quem ruim cama fizer, nela se deita. E sempre ouvi dizer: albarda-se o burro à vontade do dono. Há zonas aqui, nesta ilha, onde só ganham com a livre circulação de produtos — em alguns casos dependem disso, aliás — mas votaram, e votarão, pela saída da casa comum. Enfim, lá vai outro ditado: dá deus nozes... O resto vocês sabem.
Bom fim-de-semana.

Fonte DN
facebook

sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

A VIDA DOS PALERMAS | Pertenço ao sector de comentadores de estirador — geralmente não comento nada instalado no sofá — que acha que estes energúmenos não devem ser acrescentados aos comentários. Acontece que quando eles são energúmenos mesmo, ou mesmo ridículos, a gente deve divulgar as suas palermices, que é a maneira mais suave de classificarmos as suas inabilidades. Este palerma faz trinta por uma linha sem merecer censura dos seus apoiantes, que são obviamente completamente palermas. É a vida dos palermas.
Fonte ZAP aeiou
facebook

E TORNAR OS DIAS MAIS LUMINOSOS TAMBÉM | A ler Viriato Soromenho-Marques.
Fonte VIRIATO SOROMENHO-MARQUES
facebook

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Até já.
Aqui 
facebook

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019


CONTRA O POPULISMO NA ARTE | Carlos Barão parece ter dado conta de algumas aflições criativas. Quis justificar-se. Avisar-nos de que não veio aqui para alegrar o espaço, mas sim torná-lo ainda mais digno de reparos. Faltará fazer muita coisa. O mundo nunca estará completo, mas podemos tentar impor-lhe novidade, para acabar de vez com a ditadura da habilidade, que é o populismo da arte.
facebook