segunda-feira, 17 de junho de 2019

DA ALARVIDADE COMO NEGÓCIO | O que espanta é esta Intensa actividade, mesmo depois de se ter confirmado o que há muito muitos denunciavam: o homem não passa de um ignorante labrego e sem princípios. Parece que estamos perante uma demonstração de fuga para a frente - comprar e fundar como se não houvesse amanhã. É fundamental uma pergunta: com que dinheiro?
Fonte Expresso
facebook

sábado, 15 de junho de 2019

CADEIRA GONÇALO | Alguém tem para venda, ou conhece quem tenha, oito cadeiras Gonçalo — consagrado design português — assim como as da imagem junta, mas em segundo cu? Pode ser em qualquer estado, desde que se aguentem. É para pintar. Resposta por mensagem privada, aqui pelo facebook, ou por e-mail: jtd@ddlx.pt. Obrigado e bom fim-de-semana.
facebook
ZEFFIRELLI | Adeus, mestre. Só posso agradecer as fitas que tive a oportunidade de ver passar. 
Fonte La Republica
facebook
DESIGN DE COMUNICAÇÃO | Da série Grandes Capas. Christopher Gregory para a TIME.
time.com/longform/sinking-islands-climate-change
facebook

sexta-feira, 14 de junho de 2019




OS DIAS DA FESTA DA ILUSTRAÇÃO | A Festa continua. Depois de uma tarde animada por Cristina Sampaio, no passado sábado, no Espaço Ilustração da Casa Da Cultura | Setúbal, e de um fim de tarde com André Ruivo, ontem, na Lapso Galeria, vamos ter mais um fim de semana intenso, com "coisas" a acontecer na Casa da Cultura e na Casa da Avenida. E as exposições aguardam visita e revisita. Apareçam.
facebook

quinta-feira, 13 de junho de 2019

OS DIAS DA FESTA DA ILUSTRAÇÃO | Esta quinta-feira, a partir das 18H30, vamos receber André Ruivo na Lapso Galeria. LIvros Abraços e Zzzzzzzzz em apresentação com direito a autógrafo. É na Lapso que está a exposição ILUSTRAÇÃO PORTUGUESA. Celebra-se a ilustração. Não há outra festa assim. 
facebook

terça-feira, 11 de junho de 2019

RUBEN DE CARVALHO | Era um intelectual puro e duro. A curiosidade cultural levava-o a procurar conhecimento onde só se vislumbravam trevas. Mas conseguia encontrar talento nessa escuridão. Uma vez, num debate sobre música e músicos discordei dele. Discordámos um do outro. Ficámos assim. Cada um com a sua. Foi um belíssimo debate pouco entendido por muitos dos presentes na sala, que não apreciaram as minhas discordâncias. Sei que mantinha uma conversa intensa e interessante com um assumido fascista numa rádio nacional. Não lhe gabo o gosto, mas gabo-lhe a pachorra. E agradeço o que me esclareceu sobre muito do que se passa culturalmente na América do Norte. Muito obrigado, Ruben.
facebook
TRETAS DA PORTUGALIDADE II | Estava mesmo a pensar não comentar o texto do presidente patusco de umas comemorações patuscas. O texto da Isabel dá para aquilo e sobra. Mas há uma ideia referida pelo dito que me emocionou: refere o homem que muita gente ficou admirada com a escolha dele para o palanque. Ele incluído (e eu também). Mas olhando melhor para o que se sucedeu, e agora que está no palanque, acha que assim é que deve ser: pessoas comuns é que é, diz ele. Ele que é pessoa comum, mas "chegou ali", diz ainda, com notado orgulho. Ou seja: As pessoas comuns (seja lá isso o que for, no meu entender ele acha que pessoas comuns é o que as pessoas normais acham dos básicos. Desde Trump que há quem queira que seja assim), são fantásticas quando chegam a lugares fantásticos, que é onde ele pensa que chegou, o básico. Se isto não é populismo, o populismo agora passou a chamar-se outra qualquer coisa comum que este tretas vai inventar, de certezinha.
facebook

segunda-feira, 10 de junho de 2019

TRETAS DA PORTUGALIDADE | Eu podia dizer umas coisas sobre as coisas que disse o Tavares das tretas, mas a Isabel Faria escreveu isto e eu calo-me e aplaudo o que ela diz. O tretas disse mais do mesmo. O costume.
Pronto, fui ler o discurso do Tavares. Ok, confesso, saltei umas coisas, mas li um bocado grande. Suficientemente grande para ter confirmado o que já calculava e que se resume em duas ou três respostas:
Não, não lutámos pela liberdade em 1974. Lutámos pela liberdade durante 48 anos. Nós. Eles não. Aliás, lutámos contra eles.
Não, não lutámos pela democracia em 1975. Lutámos para não perder a batalha da liberdade e da justiça social, da habitação, saúde e educação, como cantávamos com o Sérgio. Nós, enquanto eles conspiravam para matar a democracia. E eles venceram. E nós fomos derrotados. E a derrota só não foi completa e irreversível porque muitos de nós resistimos. Nós, enquanto eles nos perseguiam, cansavam, atacavam, isolavam e maltratavam de fome, de desemprego, de solidão e de desencanto.
Não, não lutámos pela UE nem pelo Euro. Eles impuseram-nos uma e outro sem sequer nos perguntarem se queríamos ambos. Ou apenas um. Ou nenhum.
A divisão que o Tavares faz, entre nós e eles, existe sim.
Mas ele é um deles. E eu não.
A divisão não é entre políticos malvados e povo coitadinho. A divisão é entre quem está dum lado e de outro da liberdade, da democracia, da justiça social. E da vida.
Apenas uma nota final: há na análise que faço algum preconceito? Sinceramente acho que não se chama assim. Chama-se barricada, para usar um termo que o Tavares deve achar demodé. Mas eu não.
Um discurso reaccionário e populista, como lhe chamei ali em baixo. Reitero. Isabel Faria 
facebook

domingo, 9 de junho de 2019

OS DIAS DA FESTA DA ILUSTRAÇÃO | Hoje, no PúblicoRita Pimentaesclarece a importância de recordarmos os ilustradores assassinados em Paris, em janeiro de 2015. Tignous ficará ligado a Portugal pela Festa da Ilustração - Setúbal. Setúbal liga-se assim à grande ilustração que se faz no mundo. A Festa continua e aguarda visitas.
www.festailustracaosetubal.pt

facebook


sábado, 8 de junho de 2019

A FESTA DA ILUSTRAÇÃO TODOS OS DIAS | Hoje há workshop, com a Cristina (aqui retratada com a Zebá pelo André Carrilho), e amanhã há animação por outra Cristina, da Bibiblioteca Andante que, com Fernando Paiva, vai estar na Casa da Avenida. A Festa é todos os dias, em muitos sítios. Até já.
www.festailustracaosetubal.pt

facebook
AUTORES EM CONVERSA | É o regresso dos encontros com escritores na Culsete. José Riço Direitinho é uma das mais irrequietas vozes da crítica e da literatura do país Portugal. Vai estar hoje na Culsete ao fim da tarde. De raspão podem ver a exposição de Mariana Malhão que está por lá e que se integra na Festa da Ilustração - Setúbal. Até já.
facebook

quinta-feira, 6 de junho de 2019




FESTA DA ILUSTRAÇÃO TODOS OS DIAS | A Festa da Ilustração - Setúbal continua e recomenda-se. As exposições aguardam visita. Cristina Sampaiona Casa Da Cultura | Setúbal e na Casa da Avenida. Tignous, no Museu do Trabalho Michel Giacometti. Manuel Lapa, na Galeria do 11. Ilustração Portuguesa, na Lapso Galeria. Ver ao Perto, na Casa Bocage. Alunos das Escolas Superiores de Artes na Casa do Largo. E mais as actividades paralelas. Cristina Sampaio vai estar na Casa da Cultura para orientar workshop. E Cristina Andante vai animar a Casa da Avenida. Procurem o Jornal da Festa. Lá está tudo. E é um belíssimo jornal. Ou não fosse ilustrado pelos melhores. Até já.
facebook

segunda-feira, 3 de junho de 2019

AGUSTINA | Foi uma grande senhora. Uma grande, grande escritora. Nome grande do nosso tempo. Agustina Bessa Luís morreu hoje. Como estamos em plena Festa da Ilustração - Setúbal, recordo-a aqui com este desenho do André Carrilho
facebook

domingo, 2 de junho de 2019

ILUSTRAR A LIBERDADE | Foi este o título escolhido para a exposição de Tignous — Tignous Officiel — na Festa da Ilustração - SetúbalCristina Sampaio, ilustradora contemporânea convidada desta Festa, propôs o nome de Tignous para a exposição em que pretendemos homenagear os ilustradores barbaramente assassinados no Charlie Hebdo em janeiro de 2015. Tivemos a suprema honra de ter entre nós a mulher que partilhou a sua vida com o artista. Chloé Verlhac esteve em Setúbal, no Museu do Trabalho Michel Giacometti, local onde está instalada a mostra, em sessão carregada de emoção. Foi a sessão mais marcante destas Festas da Ilustração que já vão em cinco anos. A intervenção de Maria das Dores Meira abriu caminho à comoção que se cumpriu com as palavras de Clohe, uma mulher inteligente, excelente observadora de realidades e portadora de consistentes convicções. Escrevo estas singelas linhas para esta banal página do facebook com lágrimas a espreitar. Foi tudo tão bonito e comovente. E Chloé vai voltar. Pessoas que nos fazem pensar com a ternura à flor da pele ficam nossas amigas. Muito obrigado, Cristina. Muito obrigado, Chloé.
facebook

sexta-feira, 31 de maio de 2019

GRANDE FESTA | A Festa da Ilustração - Setúbal abre hoje à meia-noite. É a celebração da grande ilustração em Portugal e no mundo. Não há outra festa assim.
facebook

quinta-feira, 30 de maio de 2019

EM VOZ ALTA | Lia Gama, João Meireles e Nuno Gonçalo Rodrigues vão ler José Afonso. A iniciativa dura há duas temporadas e tem organização conjunta da Divisão de cultura da Câmara de Setúbal, dos Artistas Unidos e da DDLX. As leituras são feitas na Sala José Afonso da Casa Da Cultura | Setúbal, mas, desta vez, para que a evocação seja mais intensa, a sessão vai acontecer na Casa da Avenida, local onde está patente uma exposição evocativa da poesia de José Afonso. A coisa promete. Poeta lido e leitores de alto gabarito. 
facebook
CAFÉ CENTRAL | O Café Central, em Setúbal, era o ponto de encontro das mais variadas camadas de população. Jovens estudantes, professores das escolas da zona, comerciantes, artistas, animadores de colectividades e forasteiros com encontros ali marcados ou não, eram visita frequente do agradável local. O Central viu de tudo: negócios, fruição cultural, animadas discussões, expontâneas performances. Vivências que são agora memórias registadas em livro por Alberto Alves, seu proprietário, que aqui faz relato emocionado de bons momentos ali passados. O lançamento é esta quinta-feira, na Casa da Avenida, em Setúbal. Vamos dar dois dedos de conversa sobre o assunto. Vamos recordar. Até já. 
facebook

quarta-feira, 29 de maio de 2019

ABRIU A ÉPOCA DA CAÇA | Isto aconteceu em Valongo. Se fosse na Lapa, em Lisboa, talvez desse para apanharem o homem da Fundação Berardo. Ah, é verdade, não dava. Ele não tem dívidas. As dele somos nós que pagamos.
Fonte Público
facebook

terça-feira, 28 de maio de 2019

É PRECISO FAZER UM DESENHO? É! | A Festa da Ilustração - Setúbal abre já na próxima sexta-feira à meia-noite. Zero horas do dia 1 de junho, que é o mês da grande festa que exalta a Ilustração Nacional. Cristina Sampaio é a ilustradora contemporânea convidada. E este ano vamos ter pela primeira vez uma exposição de um ilustrador estrangeiro: Tignous. Infelizmente não estará presente — foi assassinado há cinco anos, no ataque ao Charlie Hebdo —, mas estará connosco Chloé Verlhac, sua mulher, que assim nos dá a honra da sua participação, permitindo que assim se homenageiem os talentosos ilustradores desaparecidos nesse ataque cobarde. Esta exposição estende-se à ESE, Escola Superior de Educação de Setúbal. Para uma informação mais completa, será impresso um jornal que mencionará tudo o que está proposto para esta Festa única. Bem vindos.
facebook

segunda-feira, 27 de maio de 2019

DERROTAS HISTÓRICAS | A direita perdeu. Ficou aquém de objectivos, dizem eles. Muito aquém, digo eu. Foi bom. É o que sei dizer. 
facebook

domingo, 26 de maio de 2019


sábado, 25 de maio de 2019

TIA, PERDÃO, DIA DE REFLEXÃO | Liguei a uma tia idosa. Não sabia nada dela há muito. Informou-me que vive em casa do filho. Teve de sair da casa que sempre ocupou por mor da Lei Cristas das rendas de casa. Tiro no pé, portanto. Votar nos apanhadores de couves e de votos? Nunca na vida. 
Bom voto. 

facebook

sexta-feira, 24 de maio de 2019

MUITO CÁ DE CASA | É hoje, excepcionalmente na Casa da Avenida, que nos vamos encontrar com Jorge Silva Melo. O livro é tão bom. E conversar com o Jorge sabe tão bem. Até já.
facebook

quarta-feira, 22 de maio de 2019

CHICO VENCE CAMÕES | Não, não é disputa com o poeta português. Chico Buarque vence Prémio Camões porque trata a língua de todos nós com a competência dos mestres. Camões inspira este prémio porque acrescentou a sofisticação ao nosso palavrear. Chico também. Parabéns, Chico Buarque.
facebook

SEXTA-FEIRA, 17 DE MAIO DE 2019


 RECEITUÁRIO | Hoje à noite. Até já.
facebook

QUINTA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2019



COM UM BRILHOZINHO NOS OLHOS | É já na próxima sexta-feira que vamos receber Sérgio Godinho em mais uma sessão Muito cá de casaRosa Azevedo vai dizer o que achou da leitura deste Estocolmo. Os livros de Sérgio não são a sua escrita cantada, mas as canções andam por ali. Isto anda tudo ligado. Vamos poder falar com Rosa e Sérgio sobre tudo isto e mais alguma coisa. É que este livro lê-se com um brilhozinho nos olhos. Até sexta.
facebook

QUARTA-FEIRA, 15 DE MAIO DE 2019


TERÇA-FEIRA, 14 DE MAIO DE 2019


É PRECISO FAZER UM DESENHO? | É hoje, ao meio-dia, na Casa Da Cultura | Setúbal. Até já.
facebook

SEXTA-FEIRA, 10 DE MAIO DE 2019


QUEM TUDO QUER TUDO PERDE | Sabemos que esta máxima popular nem sempre se cumpre. Nada nos diz que Berardo vai ser obrigado a pagar o que deve. Ele até diz que não deve nada a ninguém. Palavra de comendador. Encomendas destas é o que não falta por aí. Ursos é que há só um. E ainda é penalizado por andar a destruir colmeias. Está terra não é para ursos desses do mel das abelhas que vivem nas histórias de infância.
Fonte Expresso
facebook

QUINTA-FEIRA, 9 DE MAIO DE 2019


PROVÉRBIO | Quando a esmola é grande, o pobre desconfia.
Fonte DN
facebook

QUARTA-FEIRA, 8 DE MAIO DE 2019


O QUE DIZER DE UM LIVRO DE DESENHOS? | No próximo sábado vou dizer umas coisas sobre este extraordinário livro do Tiago Galo. O convite veio do Raul Reis, designer de comunicação, actual proprietário da Culsete e editor deste trabalho. Nem sei por onde começar, mas alguma coisa se há-de arranjar. A renovada Culsete merece visita. Os livros e quem os faz merecem tudo. 
facebook

ESTATISTICAS | existe um urso pardo no país Portugal. Agora falta contabilizar os outros, os do cabelo pintado. Vai ser custoso.
facebook

TERÇA-FEIRA, 7 DE MAIO DE 2019


É PRECISO FAZER UM DESENHO? | No próximo dia 14 vamos revelar tudo sobre a Festa da Ilustração 2019. A Festa é sempre em junho, todos os anos. A deste ano é imperdível. Apareçam.
facebook

DOMINGO, 5 DE MAIO DE 2019




FIM-DE-SEMANA ALUCINANTE | Casa Da Cultura | Setúbal com actividade ininterrupta. Leituras EM VOZ ALTA, com Catarina Wallenstein e Manuel Wiborg, e aberturas das exposições de Mariana Viana e Fernando Pinho. Grande qualidade e participação das pessoas no que vale a pena. Refiro apenas três actividades a que estou ligado directamente. É que "coisas" para ler, ouvir e ver cá na Casa não faltam. Consultem programação - http://www.casadacultura-setubal.pt/
facebook

SEXTA-FEIRA, 3 DE MAIO DE 2019


RECEITUÁRIO | Cá vos espero. Até já.
facebook

QUINTA-FEIRA, 2 DE MAIO DE 2019


QUARTA-FEIRA, 1 DE MAIO DE 2019


TERÇA-FEIRA, 30 DE ABRIL DE 2019


PASSOS DESENHADOS Mariana Viana andou em volta dos Passos em Volta de Herberto. Essa andança deu em desenhos magníficos que deram em bonito livro. Os desenhos vão estar agora no Espaço Ilustração da Casa Da Cultura | Setúbal. E o livro vai estar por lá à venda. A exposição abre sábado e fica disponível aos nossos olhares até ao fim de maio. Imperdível.
facebook

SEGUNDA-FEIRA, 29 DE ABRIL DE 2019


GERINGONÇA PENINSULAR? | Tudo nos leva a crer que a extrema-direita do PP foi parar ao VOX. Percebe-se que a direita espanhola está minada de saudosistas do ditador assassino. E nada nos diz que o PP não esteja ainda com os armários a abarrotar de esqueletos franquistas. Com tudo isto ficou a ganhar a esquerda, que agora vai fazer o que puder. Oxalá possa fazer alguma coisa. A direita só faz merda. Sempre.
facebook

CAIS DA ESPERA | Fernando Pinho foi procurar o que fica em terra enquanto os pescadores vão para o mar. Encontrou beleza nos objectos sobrantes. Encontrou utilidade na paisagem aparentemente inútil. Encontrou fotografia. Vamos olhar para este trabalho a partir de dia 4, na galeria da Casa Da Cultura | Setúbal. Até lá.
facebook

DOMINGO, 28 DE ABRIL DE 2019


A VOZ DO DONO | A gente já nem devia perder tempo com esta gente. Mas esta defesa primária da trampa que têm na cabeça, mais a mania de que somos todos parvos, tira-nos um bocadinho do sério. Agora querem reeditar conceitos. Conveniências. Ainda veremos esta avantesma dizer que o Hitler era de esquerda, como ladrou o outro. Já estivemos mais longe. 
Fonte Público
facebook

SÁBADO, 27 DE ABRIL DE 2019


RESÍDUOS DE LAR | Há objectos que se entranharam nas nossas vidas. Recordamo-los quando outros, obtidos em qualquer superfície comercial, são convocados para um serviço ocasional. São as coisas lá de casa, que ilustram dias passados. Outros comportamentos. Recordações. A nossa história pessoal é feita de pequenos nadas ligados a esses instrumentos. Esta minha exposição, na galeria e no café da Casa da Avenida pretende recordar para não esquecer. E quer também evocar José Afonso, neste ano em que se assinalam os noventa anos do seu nascimento. Como? Apareçam por aqui dia 3 ao fim da tarde. Logo falamos.
facebook

NOITE DE TERROR NA CASA DA CULTURA? | Não houve terror na Casa Da Cultura | Setúbal. Houve debate e denúncia. Sessão participada, que o tema não é brando e a sua aplicação deve ser lembrada para que não haja repetição. O fascismo espreita porque existiu. Que nunca mais exista.
Fotografias de Fernando Pinho
facebook

SEXTA-FEIRA, 26 DE ABRIL DE 2019


NOITES DE TERROR | Ana Cristina Silva foi perceber como funcionava a tortura das mulheres por mulheres. A autora de livros magníficos como, entre outros, Cartas Vermelhas e A Noite Não é Eterna, mergulhou num mar de terror que traz ao nosso conhecimento o "trabalho" desses seres do sexo feminino que torturavam e humilhavam com a crueldade dos seus parceiros masculinos. Surpreendentes revelações. Alice Brito, autora de títulos de primeiro plano como As Mulheres da Fonte Nova e, mais recentemente, A Noite Passada, vai apresentar o livro. Dulce Garcia vai estar presente, não vá a gente querer saber algum detalhe da preparação da edição. E, claro, Ana Cristina vai contar tudo o que passou para escrever este livro. É hoje à noite. Apareçam. 
facebook

QUINTA-FEIRA, 25 DE ABRIL DE 2019


QUARTA-FEIRA, 24 DE ABRIL DE 2019


AND THE WINNER IS... | Melhor comentário a esta situação pertence, na minha opinião, a José Serrão: "Mau. Temos a burra nas couves".
facebook

TERÇA-FEIRA, 23 DE ABRIL DE 2019


SILÊNCIO IMPOSTO | Ainda existe gente agarrada ao passado. Um passado em que muita gente desapareceu e foi assassinada. Este documentário é uma denúncia. É é para ser visto com os olhos e a cabeça postos no futuro. Em Espanha também há Bolsonaros à espreita. É como por cá.
Fonte Midas filmes
facebook

DOMINGO, 21 DE ABRIL DE 2019


DEUS É GRANDE? | Mais um ataque religioso, em dia de celebração religiosa. A religião não é o ópio do povo, como pretende a teoria que nos viu crescer. É o ódio do povo. Odeia-se mais do que se ama, nas religiões. E o ódio mata. Pessoalmente, acho isto tudo inacreditável. Mas os crentes andam aí, com as suas convicções armadas. Boa páscoa para os crentes e também para os que não vão em fantasias, como eu. A páscoa não é comer e beber e estar com pessoas? Gosto disso. Matar para louvar um deus, como aconteceu agora no Sri Lanka, é que merece repulsa.
Fonte Expresso
facebook

SEXTA-FEIRA, 19 DE ABRIL DE 2019


OS SINDICALISTAS ANDAM DE MASERATI | Parece que o sindicato que pôs o país em polvorosa e a farroncas Cristas em alvoroço reivindicativo é composto por um presidente-patrão e por um vice-presidente advogado de negócios. Se florescer na moleirinha dos arrogantes grevistas a justa ambição de atingirem o patamar financeiro dos seus dirigentes, vamos ter problemas com abastecimentos dos depósitos — com consequente desassossego nacional — de certezinha absoluta. Há sindicatos estranhos. Muito estranhos.
Fonte DN
facebook

QUARTA-FEIRA, 17 DE ABRIL DE 2019


CONTRA O ÓDIO... ARGUMENTAR | É preciso reagir à infâmia. O ódio nem sempre mata, às vezes só nos tira do sério. O João Paulo sentiu a agressão. Defende-se. E bem. O agressor não passa da calúnia e do ódio mais básico. São vidas. Diferentes. 
Fonte Hoje Macau
facebook

TERÇA-FEIRA, 16 DE ABRIL DE 2019


SEM SENSO E SEM VERGONHA | Será a promotora? É que não restam dúvidas de que esta farroncas está radiante com a oportuna greve dos camionistas que ameaça parar o país. Cristas, que foi uma das mais inábeis governantes desta terra, vem agora exigir resultados com prazos e tudo. Prazo apertado, que a irresponsabilidade desfila sempre de mãos dadas com a arrogância. O discurso é condizente com a arruaceira que se revela em todas as baixas atitudes que toma. Sem classificação.
Fonte Público
facebook

DESIGN DE COMUNICAÇÃO | Da série Grandes Capas. A tristeza também se comunica. A desgraça quando é bem comunicada ainda entristece mais. 
Fonte: Libération

facebook

SEGUNDA-FEIRA, 15 DE ABRIL DE 2019


PARIS JÁ ESTÁ A ARDER | Não é toda a cidade que arde. Nem é ataque de nazis, como anunciava este título lá para o meio do século passado. Mas esta catedral é uma das imagens mais fortes de Paris, logo, Paris está a arder mesmo. Isto é muito mau de ver. Dói.
Fonte RTP
facebook

OS CÁGADOS NÃO VÃO ÀS URGÊNCIAS | Lembram-se da estória do cágado do Salazar? Esta figura bíblica que muito frequentemente faz reluzentes aparições e profetiza futuros sempre pouco radiosos, saiu-se agora com esta. Provavelmente tem razão, e acredito que espere assistir à aplicação da profecia — Salazar vingado — para se rir na cara de quem agora o desmente e goza. Valente!
Fonte RTP
facebook

BIBI ANDERSSON | Sinto este fim como o de alguém muito próximo. Há coisas assim: sentimos que convivemos imenso com pessoas que nos impressionaram, mesmo quando a proximidade física não existiu. Os écrans corrigiram distâncias. Gostava muito de Bibi Andersson.
Fonte Far Out
facebook

DOMINGO, 14 DE ABRIL DE 2019


CLAUSTRO DAS MARIMBAS | Daniel Barenboim escreveu um livro para os "espíritos curiosos que tenham o desejo de descobrir os paralelos entre a música e a vida". Deu-lhe como título Está Tudo Ligado e como subtítulo O Poder da Música. A Catia juntou um raminho de músicas num disco que nos mostrou este domingo, no claustro do belíssimo Convento de São Paulo, ali muito perto da serra da Arrábida e do rio Sado. Chamou-lhe Rua das Marimbas e assinou a garota não. O cd é de ouvir e pedir mais. O espectáculo de apresentação foi uma ligação à vida pela via musical, como pretende Barenboim. A vida de Cátia é também a nossa vida: conceitos, referências, ambições, lutas, surpresas, amores, desgostos, desamores sem rancores. Citando Pessoa — figura agraciada no concerto — sentir sinta quem lê. E quem ouve, acrescento eu, se me permitem. É facto: estamos todos nas letras que esta cantautora nos fornece. Não é por acaso que uma referência calorosa a José Afonso ecoou no claustro. Vou dizer isto de outra maneira: A Garota faz estas músicas — ela e todos os músicos com vontade de perceber realidades — também porque José Afonso existiu. José Afonso acrescentou sonoridades novas à música que por cá se fazia numa altura em que intérpretes femininas francesas e anglo-saxónicas experimentavam falar da vida e da vontade de ser gente. Lembrei-me tanto delas ao ouvir a Cátia. Mas atenção: África também anda por ali. Marimbas ao alto, mesmo sem presença física.
Esta apresentação deslumbrou e emocionou. Sou suspeito, é certo. Eu gosto muito da Cátia. Mas acreditem que isso não vem agora à baila. O CD está muito bem produzido, os vídeos promocionais têm muita graça, e este concerto foi muito bem cantado e tocado. Tocante.
Músicas disponíveis no Spotify: A Garota Não
facebook

SEXTA-FEIRA, 12 DE ABRIL DE 2019


RECEITUÁRIO | Perceber como as novas gerações percebem José Afonso.
facebook

QUINTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2019


NAQUELE TEMPO... | O ex-papa, que se retirou para esperar a ida para os céus em regalado descanso, deteve-se sobre o problema e chegou a uma brilhante conclusão: a culpa de existir pedofilia é da liberdade sexual que se instalou nos anos sessenta do século passado. A pedofilia é, portanto, liberdade sexual. A igreja não permite que os seus membros pensem em sexo, mas se pensam... que sejam livres e felizes. Inserido no contexto, parece que foi desculpável, portanto. Santa paciência.
Fonte DN
facebook

QUARTA-FEIRA, 10 DE ABRIL DE 2019


O CORPO A PÉS JUNTOS | Na próxima sexta-feira vamos falar do CORPO, em mais uma conversa a pés juntos com António De Castro Caeiro e João Paulo Cotrim. Discutir e aprender. 
facebook

TERÇA-FEIRA, 9 DE ABRIL DE 2019



ILUSTRAÇÃO EM BOM PORTO | O Bráulio a marcar pontos. Esqueçam lá essa do "português com sucesso lá fora". Não há pachorra. É um designer e ilustrador que vive o seu tempo no mundo em que todos vivemos. O Bráulio corre mundo. É do mundo. Nesse percurso, expôs na Festa da Ilustração - Setúbal, na edição de 2017. E voltará a Setúbal num dia de sol e alegria. Por falar nisso: a Festa da Ilustração deste ano aproxima-se. É em Junho, como sempre. Detalhes seguem dentro de momentos. Até já.
Fonte DN
facebook

SEGUNDA-FEIRA, 8 DE ABRIL DE 2019


BASES DO SISTEMA | Parece que na Comunicação Social por onde tem andado não é nada assim. Sabe bem do que fala, esta brilhante comentadora que subiu a vida a pulso.
Fonte Expresso
facebook

DOMINGO, 7 DE ABRIL DE 2019


NO REINO DE CRISTAS | Onde é que está a novidade desta notícia? A senhora está farta de avisar que é candidata a primeira-ministra. Não se sabe é o dia e a hora da tomada de posse. Mas estou em condições de arriscar: será no dia de São Nunca, lá pela tardinha. 
Fonte Notícias ao minuto
facebook

SÁBADO, 6 DE ABRIL DE 2019


A ESTUPIDEZ PROVA-SE? | Aqui o romancista do retrato diz para lermos as provas que apresenta nos seus romances. Quer dizer: tínhamos que ler aquela merda toda para atingirmos o nível de parvoíce que o atinge a ele. Escolhe outro. Livra!
Sim, a crónica é de 2016, mas está actual por mor do primata que foi agora a Israel bolçar atoardas semelhantes.
Fonte Público
facebook

QUINTA-FEIRA, 4 DE ABRIL DE 2019


TAMBÉM TU, CAVACUS?! | Pronto, o homem não é de ferro. Escusam de lhe dar porrada por isto. Houve mais gente para além das famílias nos seus governos. E esses foram mais prejudiciais à causa pública do que as mulheres de ministros e amigos dos amigos que nomeou. Família directa? O genro. Se há genro que se aproveitou bem da coisa foi o dele. Não teria sido melhor ter ficado calado?
Fonte Polígrafo
facebook

QUARTA-FEIRA, 3 DE ABRIL DE 2019


SEM DÚVIDAS NEM ENGANOS | Já é um hábito comentarmos a imbecilidade do primata. Ele chega-se à frente. As atoardas sucedem-se. Podia ser humor, mas não é. Não tem graça. A estupidez e a ignorância tornam-se vulgares. Isto até cheira. Já fede.
Fonte DN
facebook
+