domingo, 25 de setembro de 2016

SARAIVICES | Portugal é um dos países do mundo onde menos se lê. Parece que proporcionalmente só Malta nos vence nesse campeonato. Mas o livro do Saraiva escritor erótico vende que nem bolas de berlim na praia do Meco. Tudo o que tem a ver com a vida dos outros até marcha. E se tem sexo então... esgota sucessivas edições. Autores de ler e deitar fora são mato no panorama editorial português. Lê-se pouco, mas lê-se muita merda.
facebook 

sábado, 24 de setembro de 2016

Durão Barroso: Não fui para nenhum cartel da droga

ORGULHO NACIONAL | Ah, bom, ainda bem que põe as coisas a limpo. É que houve momentos em que ficámos na dúvida. E as dúvidas devem ser esclarecidas. Os portugueses ficam assim muito honrados por estar a desempenhar tão nobres funções em tão nobre instituição. Estamos mesmo a rebentar de orgulho. Bom trabalho, caro compatriota. 
Fonte Expresso

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

PALERMAS E PRAXES | Apesar dos esforços do Governo para que esta palermice pertença ao passado, os palermas insistem na brincadeira parva. A apologia da humilhação continua em grande estilo pelas ruas da cidade. Esta imagem foi recolhida ontem, à noite, no largo Camões. Humilhação à solta. Palermas em reboliço.
facebook 

terça-feira, 20 de setembro de 2016

FIM DA FESTA | A Festa da Ilustração - Setúbal vai estar na Casa da imprensa, em Lisboa, com a magnífica exposição Fónix, de Nuno Saraiva. Estes trabalhos estiveram, durante o passado mês de junho, na Casa Da Cultura | Setúbal. É um fim de festa na festa do Bairro das Artes. Iniciativa da abysmo, da DDLX Design Comunicação Lisboa e do Município de Setúbal, para a Casa da Imprensa - Associação Mutualista.
facebook 
ESCOLHAS | Parece-me claro que Mariana Mortágua escolheu o caminho mais difícil. Claro que é muito mais fácil sacar umas massas aos funcionários públicos e perpetuar o trabalho precário. Claro que é muito mais fácil e eficiente cortar nas reformas e reduzir salários. Há um grupo imenso de portugueses que paga e não bufa. E não ameaça sair do país. Pois é, Mariana, e há um certo povo português que odeia funcionários públicos e que acha que devem ser sempre os mesmos a pagar as despesas dos que agora ameaçam sair do país e deixar de investir e mais não sei o quê. Não há pachorra.
Fonte Económico

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

O HOMEM FATAL | Já está nos escaparates. Todo o exagero será permitido. Pedro Mexia e Abel Barros Baptista apresentam estas crónicas de um homem que não é fatal nem quer saber da vida como ela é. Anjo pornográfico? Talvez. Mas sem a obscenidade da escrita sem qualidades. É de grande qualidade literária que se fala, quando se fala da escrita de Nelson Rodrigues. Publicado pelas Edições tinta-da-china.
facebook 

domingo, 18 de setembro de 2016

COSMOS | Há publicações que nos informam e formam. Há muito tempo que frequento com algum entusiasmo estas revistas. Há tanto tempo que às vezes me aborrecem. Acontece. Mas quase sempre me trouxeram alegrias e conhecimento. A Wallpaper* magazine completa com este número vinte anos. Excelente número. Muito mais nova, a Monocle marca pontos por esse mundo. Informa-me de extraordinárias recuperações arquitectónicas e de soberbas adaptações de ambientes públicos. Tudo muito bem engendrado. Esforçam-se por divulgar o melhor. Quase sempre acertam. Os exemplares da fotografia representam as respectivas edições de outubro destes manuais de divulgação de uns certos gostos bem formados e cosmopolitas. Enjoy. 
facebook 

sábado, 17 de setembro de 2016



THE END | O encerramento de uma livraria é um acontecimento muito triste.
O encerramento da livraria Culsete é uma tristeza muito grande.
Adeus? Não pode ser até já?

facebook 

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

VIDAS VIVAS | Nuno Lopes é um extraordinário actor. Mas as pessoas não são só o seu trabalho, apesar de às vezes o trabalho se misturar com a vida própria. Aquilo a que muitos chamam tempos livres. Ora bem, nos tempos livres o Nuno também é uma pessoa atenta ao que se passa por aí e reage ao que nos vai agredindo. E diz o que pensa sobre as agressões. Boa, Nuno Lopes. E parabéns pela profissão.
Fonte RR
facebook 
VIDAS VIVAS | Nuno Lopes é um extraordinário actor. Mas as pessoas não são só o seu trabalho, apesar de às vezes o trabalho se misturar com a vida própria. Aquilo a que muitos chamam tempos livres. Ora bem, nos tempos livres o Nuno também é uma pessoa atenta ao que se passa por aí e reage ao que nos vai agredindo. E diz o que pensa sobre as agressões. Boa, Nuno Lopes. E parabéns pela profissão.
Fonte RR

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

ARTISTAS UNIDOS | Hoje é dia de ir ao teatro, dar um abraço ao meu amigo Jorge Silva Melo, que encena a peça, e outro ao meu amigo João Jacinto, que inaugura uma exposição dos seus mais recentes trabalhos. Gosto muito de noites assim. 
facebook 
A VIDA ATRIBULADA DOS DIREITOLAS | Parece que o perigo de um novo resgate não está no horizonte. Ainda bem para todos nós. Mas assistimos a uma insistência por parte da trupe a que se costuma chamar "uns certos analistas ou uma certa comunicação social", que é de bradar ao alto. Faz lembrar aquele cerco que foi montado para quase pedir à Comissão Europeia que avançasse com as sanções, lembram-se? O circo dos direitolas exibe um excesso de palhaços empenhados em desempenhar qualquer papel.
facebook 

terça-feira, 13 de setembro de 2016

SOCIEDADE DECENTE | É hoje. Vamos estar na Culsete para falarmos de Por Uma Sociedade Decente, o mais recente livro de Eduardo P. Ferreira. É uma pretensão razoável. Quem não quer uma sociedade decente? Apareçam.
facebook 

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

ESPECTÁCULO? QUE ESPECTÁCULO? | Barroso tem novo emprego. A Comissão Europeia esclareceu a coisa. Claro que Durão Barroso não pode ser recebido em Bruxelas com estatuto de ex-presidente. Seria um seu privilégio caso não tivesse outro emprego. Assim, seria abuso. Se trabalha noutra firma, faça-se à vida. Barroso não precisa de ajuda de ninguém para arranjar lugares onde ganhar dinheiro. E deve ter entendido muito bem esta atitude dos seus ex-colegas. Mas o seu partido está em fase de não entender nada. Não vejo aqui qualquer razão para o alarido que a rapaziada do PPD/PSD está a fazer. Tudo deve ter preceito. Até o ganhar dinheiro até mais não. 
Fonte DN/LUSA
facebook 

domingo, 11 de setembro de 2016

MORTE EM SETEMBRO | Até àquele dia recordava-se o golpe fascista no Chile. O dia 11 de setembro de 2001 acrescentou mais morte à data. No Chile, o ditador criminoso Pinochet exterminou sem piedade quem dele discordava. A chacina durou muitos anos. Em Manathan morreram três mil pessoas em poucos minutos. Ao Chile nunca fui. Em Manathan estava naquele dia em que a morte saiu à rua. Regressei a Portugal no domingo seguinte. Claro que as recordações daquele tempo estão vivas na minha memória. Foram dias felizes para mim com um mau fim para o mundo. Começou naquele dia muito do mau que suportamos hoje. Naquele dia foi declarada uma guerra sem fim à vista, onde não há vencedores nem vencidos. A morte aparece quando menos se espera. É a estratégia terrorista. O terror surpreende-nos sempre.
A fotografia foi tirada no dia anterior aos atentados, muito perto de onde tudo aconteceu.
facebook 

sábado, 10 de setembro de 2016

JOSÉ RODRIGUES | Morreu o escultor. Um escultor de grande formato. 
Muito obrigado, senhor José Rodrigues.

facebook 
VIOLÊNCIA MILITAR | É certo que são os próprios rapazes que querem aquilo. Mas, estes exageros que provocam a morte não causam dúvidas quanto às virtualidade daqueles exercícios militares? Para que queremos nós militares assim? Vamos entrar em guerra? É tempo de as chefias militares perceberem mesmo para que serve esta violência. Sejam pessoas. As máquinas humanas de guerra já não fazem sentido nenhum.
Fonte SIC-N
facebook 
VIOLÊNCIA MILITAR | É certo que são os próprios rapazes que querem aquilo. Mas, estes exageros que provocam a morte não causam dúvidas quanto às virtualidade daqueles exercícios militares? Para que queremos nós militares assim? Vamos entrar em guerra? É tempo de as chefias militares perceberem mesmo para que serve esta violência. Sejam pessoas. As máquinas humanas de guerra já não fazem sentido nenhum.
Fonte SIC-N
HORAS EXTRAORDINÁRIAS |Não vi a entrevista à SIC. Nunca tive um especial fascínio por histórias de super-heróis. Pelo que me apercebo, o homem é obcecado por horas extraordinárias — à cabeça das prioridades —, procissões e touradas nas poucas horas vagas. Sempre que pode trabalha, ora ou diverte-se a ver torturar animais. Tendo em não ter confiança num motorista de taxi com estas qualidades, quanto mais num juiz.
facebook 

quinta-feira, 8 de setembro de 2016



UTOPIA | Donald Trump, nos Estados Unidos da América, caso fosse eleito, daria prioridade à construção de um muro para separar pessoas. França e Reino Unido vão mesmo fazer um muro para separar pessoas. Vai estar pronto até ao fim do ano, tal é a prioridade. Tão pouco tempo depois de festejarmos o fim de muros e fronteiras, voltamos a assistir à edificação de estruturas ainda mais aparatosas e bem apetrechadas. A decência é uma utopia. 
facebook

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

BOCAGE MALCRIADO | Manuel João Vieira já tinha entrado na intimidade de Bocage. Mas agora, depois de o conhecer melhor, resolveu denunciar as peripécias eróticas do poeta. Os desenhos e as pinturas vão estar na Casa Da Cultura | Setúbal a partir da próxima sexta-feira. A exposição abre às dez da noite, que a malta não gosta cá de matinés. O pintor, que como toda a gente sabe também é músico vai estar por cá. A presença de Manuel João Vieira dá sempre em surpresas. Apareçam.
facebook
LIVROS & LEITORES | Não fui à festa do livro do Presidente. Nunca liguei às escolhas do comentador agora Presidente. E não quero saber para nada do que ele inventa para ser vedeta pop. Ouvi um frequentador dizer nas televisões que não era muito de livros. E outro dizer que não ligava muito mas isto aqui é outra coisa. Isto é tão giro. Faz sentido: aquilo não é para os livros nem para os leitores. Esses estão nas livrarias. É para o Presidente espalhar charme e ter a populaça na mão, e para o povo que gosta muito de ver coisas se divertir. Ainda bem que se divertem.
facebook

domingo, 4 de setembro de 2016

CALAMIDADES | Não sei se Gabriela Canavilhas já percebeu o disparate que fez quando nomeou este senhor para director do MNAA. O homem escolheu um encontro entre meninos do CDS/PP para fazer declarações assustadoras. Quando aceitou o lugar não deu por nada? Ou será que foi o anterior governo que provocou a calamidade? Mas então os amigos crescidos dos meninos que estavam na "aula" não estiveram nesse governo? Provavelmente quis assustar os petizes. Era uma brincadeira. Mas a desculpa que apresenta não lembra ao betinho mais assustado. Este irresponsável deveria apresentar a demissão imediatamente. Ou então deveria ser demitido. Há coisas que é assim que devem ser feitas. Esperemos que o sejam. Um irresponsável que escolhe o tipo de discurso conforme quem o está a ouvir não merece ocupar um cargo desta responsabilidade.
Fonte DN
facebook

sábado, 3 de setembro de 2016

SOCIEDADE DECENTE | Vale a pena ler e ouvir o que Eduardo Paz Ferreiradiz. Esta entrevista é uma espécie de introdução à política contemporânea. É um prazer perceber tanta lucidez e vontade de mudar coisas. Paz Ferreira vai estar na Culsete, em Setúbal, no próximo dia 13. Maria Emília Brederode Santos, Mário Mesquita e este vosso amigo vamos estar por lá. Depois aviso. Bom fim-de-semana para todos.
Fonte i
facebook

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

O ETERNO RETORNO DO FASCISMO | A Turquia encerra-se na ignorância, no fundamentalismo religioso. A crença é em Erdogan. Um deus vivo. Isto não pode acabar assim. O pior já está a acontecer. Vai acabar mal. Muito mal.
Fonte Il Foglio
facebook

quinta-feira, 1 de setembro de 2016




SETEMBRO | Agosto já lá vai. A lufa-lufa das férias dá lugar ao "sossego" do trabalho. Chegou o tempo de descansarmos das férias. Setembro é um mês terrível. Grandes atrocidades aconteceram neste período de tempo em tempo recente da nossa história. Mas é também a altura do recomeço. Vamos recomeçar. Bom trabalho.
facebook

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

O CHORO DO CROCODILO | A falta de vergonha dá para tudo. O cinismo não conhece o ridículo. O ridículo não mata, mas esclarece muita coisa. É assim, a vida dos trapaceiros.
Fonte SIC-N
facebook

terça-feira, 30 de agosto de 2016

GESTÃO CULTURAL — POLÍTICA CULTURAL | Uma opinião de peso, que não pesa a ler. Recomendo leitura a responsáveis autárquicos, programadores e outros amadores da cultura. 
Fonte Público
facebook

segunda-feira, 29 de agosto de 2016



FÉRIAS, MÚSICA E NOITES FANTÁSTICAS | Fim do dia. Regresso da praia. Tempo de conviver à volta da comezaina e do melhor vinho. A acompanhar? A música dos amigos. Hoje vão estar a rodar os mais recentes discos da Marta Dias e do Carlos Martins. Mas José Carlos Araújotambém vai entrar na roda com a sua interpretação no orgão das sonatas de Carlos Seixas — Capa e design de comunicação: DDLX Design Comunicação Lisboa.
Boa música para saborear enquanto se experimentam os petiscos que a noite nos traz. Há noites melhores que os dias.
As férias regressam quando der para isso.
O trabalho já regressou em pleno.

facebook

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

DESIGN DE COMUNICAÇÃO | Grande capa.
facebook

terça-feira, 23 de agosto de 2016

O QUE É BOM É PARA SE PARTILHAR | Lá diz o povo. E é verdade.
Artigo de José Vítor Malheiros, a ler no Público.
facebook

sábado, 20 de agosto de 2016

FÉRIAS, LIVROS E DIAS LONGOS | As praias são excelentes. Arrábida, Tróia, Meco, Comporta, Carvalhal, Pego. A gente escolhe o sitio pouco depois de acordar. O livro já está escolhido. No Verão escolho histórias curtas. Contos. Dois autores: Ruben Fonseca, Lucia Berlin. Duas surpresas. A curiosidade vai continuar. Há histórias que nos fazem caminhar. Há autores que não se podem perder. Bom dia de verão.
facebook

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

ANDRÉ JORGE | Estava doente há muito tempo. Ía aguentando a doença com resignação. Era um homem de bom trato. Simpático e conhecedor do seu ofício. Criou a editora Livros Cotovia. A livraria é muito bonita. Tem os livros editados pela casa e é frequentada por uma também simpática gata que parece conhecer os títulos todos. Esta notícia é muito triste para quem gostava do André Jorge, Eu gostava do André Jorge. Muito obrigado por tudo, André. 
facebook

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

O QUE NASCE TORTO... | Pensaram que o homem podia ser um bom candidato. Mas agora começam a vê-lo enterrar-se de dia para dia. É que aqui o penteadinho não odeia apenas gente de pele diferente da dele. Criancinhas só as suas. E mulheres só a dele e longe de decisões, que decidir não é coisa para mulheres. Os decisores do partido republicano já perceberam que este energúmeno só gosta dele próprio. E, é claro, já perceberam também que metê-lo na Casa Branca vai ser difícil. Ainda bem que estão assustados.
Fonte Expresso
facebook

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

JOGOS DE PODER | Vermos o actual presidente do Governo Regional da Madeira intervir e dar justificações, em conferência de imprensa, sobre a calamidade que atravessa a ilha, acompanhado por uma senhora — responsável pela inclusão social, diz a legenda — que acena aos presentes e dá toques no cabelo, é motivo de grande preocupação. Não, não estou com saudades de Alberto João Jardim, mas esta nova trupe de governantes da ilha não deixa ninguém descansado.
facebook

quarta-feira, 10 de agosto de 2016


O MAL E A ESCARAMUÇA | O mal está na falta de limpeza das matas? Nos estratagemas dos negociantes de madeiras? Nas reacções ressabiadas de caçadores sem escrúpulos? São indivíduos alcoolizados ou parvinhos destrambelhados os principais responsáveis por tanto crime? Ou esses são apenas atirados para uma descontrolada frente de destruição? Uma coisa é certa: este mal existe. Está aí. Destruir pelo fogo é acessível a qualquer imbecil. O problema é político. As decisões são sempre políticas. Actue-se de uma vez por todas, antes que seja excessivamente tarde. Esta catástrofe pode ser uma oportunidade para se resolver muita coisa.
facebook

O MAL E A ESCARAMUÇA | O mal está na falta de limpeza das matas? Nos estratagemas dos negociantes de madeiras? Nas reacções ressabiadas de caçadores sem escrúpulos? São indivíduos alcoolizados ou parvinhos destrambelhados os principais responsáveis por tanto crime? Ou esses são apenas atirados para uma descontrolada frente de destruição? Uma coisa é certa: este mal existe. Está aí. Destruir pelo fogo é acessível a qualquer imbecil. O problema é político. As decisões são sempre políticas. Actue-se de uma vez por todas, antes que seja tarde. Esta catástrofe pode ser uma oportunidade para se resolver muita coisa.
facebook

terça-feira, 9 de agosto de 2016

CAOS | A Madeira está a arder. O centro histórico está em risco. A situação é preocupante. A par deste drama há muitos outros a arruinar o país mais um bocadinho. É todos os anos isto. Há quem se divirta com o "espectáculo". O que fazer quando tudo arde?
facebook

terça-feira, 2 de agosto de 2016



INTEMPORAL SAUDADE | Tanto tempo depois... Tanta memória viva.
facebook

+