sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010



Desejos do pessoal da DDLX, para todos os pacientes do B'O.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010



LIVRO DE RECLAMAÇÕES | Vivo em Setúbal. Utilizo os comboios da Fertagus para me deslocar diariamente para Lisboa. Há nisto vantagens evidentes. Os horários são cumpridos e a viagem é tranquila. Para além destes benefícios há também a vantagem de se evitar a frequência do trânsito na ponte 25 de Abril, e a poupança de fundos também não é nada de deitar fora. Vamos utilizar os transportes públicos, portanto. Há no entanto um problemazito. Para nos deslocarmos para a renovada (e horrorosa) estação ferroviária de Setúbal, a utilização do carro particular poderia ser uma hipótese. Pois tirem o cavalinho da chuva. Que o mesmo é dizer: deixem o carrinho à porta de casa. Acontece que ao chegarmos ao local, verificamos que todos os locais de estacionamento em redor da estação são pagos. Mais: a permanência máxima permitida é de duas horas. Quem vai para Lisboa passaria o dia em viagens para vir colocar moedas no parquímetro. Mais ainda: os parques da estação propriamente ditos não são alternativa: não estão em funcionamento, apesar de prontos há muito tempo. A fotografia mostra o parque fronteiro ao local de embarque. Este parque estava a abarrotar quando era possivel estacionar. Agora não serve rigorosamente para nada. Nem percebo como faz aqui negócio uma empresa de exploração de estacionamentos. Quem são os responsáveis por este notável empreendimento?

terça-feira, 28 de dezembro de 2010



O MUNDO PULA E AVANÇA | 115 anos de imagens em movimento. Os irmãos Lumiére protagonizaram a experiência que hoje se comemora. Foi o nascimento do cinema, hoje actividade cultural de grande dimensão e indústria de sucesso. Por mim, agradeço humildemente tão importante feito que, como qualquer descoberta de vulto, fez pular e avançar o mundo.

domingo, 26 de dezembro de 2010



O NATAL FICA-LHES TÃO BEM | O Natal deste ano já lá vai. É normal associar-se a um natal uma morte. Tudo o que nasce acaba um dia. Estes natais que aquecem os corações cristãos e animam as contas bancárias dos comerciantes, vão e vêm todos os anos como as andorinhas na primavera. Neste dias toda a gente fica compreensiva e bondosa. Só se pensa em desejar "bom natal" a toda a gente, e todos anseiam pela doçaria e outras comedorias que preenchem as mesas natalícias. Cá fora, longe dos convívios familiares, tudo permanece frio e violento. Mas que interessa isso? O que importa é que estamos felizes nos nossos aconchegos. Eu também gosto muito de muita gente que gosta muito do Natal. Mas eu detesto o Natal. E estou contente por já ter acabado. Boa noite.

sábado, 25 de dezembro de 2010



O QUE É A VERDADE?
| Dizem-me que a Wikileaks publicou uma informação que deixou em desespero as crianças do mundo inteiro. Em Portugal já se conhecem casos de putos que, ao conhecerem a informação através do magalhães, lançaram o computador ao ar. Não é que Assange, o conhecido desmancha-prazeres, revelou que o Pai Natal não é o senhor idoso de extensas barbas brancas (na imagem durante a produção de um conhecido calendário temático), mas sim e apenas o pai e a mãe de cada piqueno? Não há velhote viajando em trenó puxado por renas, nem descidas de chaminés, e, as cartas enviadas para a Lapónia a pedir bugigangas, são uma treta para enganar tótós. Há verdades que doem. Eu acho que desta vez a Wikileaks foi longe de mais.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010



HAYDN | Arianna a Naxos | Anne Sofie von Otter

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010



FAZ O QUE EU DIGO... | Assange não gosta de fugas de informação. Queixa-se de maus tratos e distorções. O senhor divulga o que lhe dá na bolha, mas defende critério na selecção das divulgações. Há casos e casos. E há casos irritantes. A liberdade tem limites. Eu acho é que está a ficar tudo doido. A crise mundial está a chegar ao miolo da malta.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010



O BURACO | Vamos ter de meter mais um balúrdio no BPN? Tem de ser mesmo? O ministro cavaquista está atrás das grades. Cavaco já não precisa de grandes verbas bancárias para fazer política. Ele própio disse que a campanha desta vez vai ficar mais em conta. Então para quê meter dinheiro ali? Temos todos que aguentar a incompetência e pulhice de banqueiros sem escrúpulos?


ROTA DE VINHOS | Os vinhos do Douro marcam o panorama vínico e dão cartas nas avaliações nacionais: Estes Castello D'Alba chamam à responsabilidade as castas que caracterizam a produção da zona. O Tinto Reserva de 2007, convocou um lote de Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz. Aspecto límpido, com bons aromas, madeira e bom final de boca. Um vinhão, portanto. O outro, corrente, de 2008, também não envergonha as gentes das vinhas. Um e outro estão apresentáveis e acessíveis. O Reserva está a menos de seis euros nos supermercados. O de 2008 não chega a três.
Beber mau vinho para quê?
Design - O rótulo é elegante. Despretensioso. Boa letra e boa expressão comunicativa. Competente.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010



O QUE É NACIONAL É BOM | Diz-se por aí que a melhor maneira de mandar a crise às urtigas é passarmos a consumir produtos nacionais. Estes sabonetes que aqui figuram há muito que entram no cesto das minhas compras. São produzidos em Portugal pela empresa Ach. Brito, integrada na marca Claus, e têm uma gama para espaços gourmet e outra para consumo em grandes superfícies. Uns e outros têm embalagens lindíssimas. Uns e outros são excelentes. É comprar e passar pelo pêlo. Vamos lá preferir o que fazemos por cá.

domingo, 19 de dezembro de 2010



F FOR FAKE | Pode alguém falsificar-se a si próprio? Vejamos o que o genial Orson Wells tem a dizer sobre o assunto.

sábado, 18 de dezembro de 2010



PARA PINA | Saudades de Pina Bausch.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010



HOMENAGEM | Carlos Pinto Coelho foi, acima de tudo, divulgador de cultura. Agora, na hora da sua morte, é essa actividade que se recorda com emoção. Numa última intervenção televisiva, revelada no Jornal Hoje da RTP 2, expõe a sua tristeza por as notícias televisivas se preocuparem sobretudo com a divulgação de lixo literário. Basta que o "escritor" seja cara da televisão para que seja destacada a sua "obra". Escreva bem ou escreva mal. Quanto às outras actividades culturais... Nada. Nada mais. Queixas que agora se ampliam, ao assinalarmos o seu desaparecimento. Obrigado, Carlos.


COMUNIDADE DE LEITURA | É a mais antiga Comunidade de Leitores activa numa livraria portuguesa. Mais de cem livros e cerca de quatro dezenas de escritores já passaram pela livraria Almedina do Atrium Saldanha. Moderada pela jornalista e escritora Filipa Melo, esta Comunidade reúne-se duas vezes por mês, afirmando-se como o espaço por excelência de todos aqueles que gostam de ler e conhecer pessoalmente os autores da literatura portuguesa contemporânea.

À conversa com
Gonçalo M. Tavares
sobre Matteo Perdeu o Emprego
Leitura Paralela: O Visconde Cortado ao Meio, Italo Calvino
Quarta-feira, 15 de Dezembro
19 horas
Todas as sessões são abertas ao público em geral.

Livraria Almedina
Atrium Saldanha
Praça Duque de Saldanha, 1
Loja 71 – 2º Piso


RECEITUÁRIO | clique na imagem para a ampliar.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS | Tive a pachorra de assistir do princípio ao fim ao primeiro debate para este campeonato. Fernando Nobre demonstrou no debate que fez uma má escolha ao candidatar-se. Francisco - portanto - Lopes, veio provar que o PCP não poderia ter escolhido pior. Ainda por cima levam-se a sério. Ridículo.


LEAKS | Há agora um vazadouro de notícias que alimenta toda a comunicação social. Não há jornal ou canal de televisão que não abra com uma notícia vazada pela Wikileaks. Não se regista nada de especial nestas revelações. A novidade está em a informação incidir em documentos reais e em conversas entre protagonistas. Bisbilhotice encartada, portanto. Não é bonito, mas às vezes dá jeito aos jornalistas. A pesquisa está feita.
Já agora: Para quando revelações sobre as negociatas e outros enleios entre as gentes da bola? Isto vai ser divertido.
O BANQUEIRO COMUNISTA | A China vai apoiar Portugal financeiramente. Negócio é negócio, mas negócios com estes banqueiros comunistas podem não nos levar a bom porto. Não deverá ser um grande negócio para os do lado de cá. Com toda a certeza.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010


RECEITUÁRIO | Clique na imagem para a ampliar.

domingo, 12 de dezembro de 2010



GORDURAS | Os jornais televisivos dos canais oficiais do PPD/PSD - as SICs -, abrem com a alegria da recandidatura do soba do Funchal a um novo mandato. O homem elimina os delfins que se perfilam, e salta no palco exibindo as esdrúxulas banhas em ritmado delírio. Um artista de décima quinta categoria alegra um povo entusiasmado. O jornal prossegue. Depois de umas miudezas informativas, aparecem umas velhas gordas preocupadas com a redução da oferta de pacotes de açúcar nas prateleiras dos supermercados. A grande preocupação está patente nos seus luzidíos rostos: e as azevias? E as filhoses? Como vai ser agora? Num tempo em que só se fala em redução de gorduras, não seria possível eliminar esta exuberância de conteúdos televisivos? É só uma opinião.

sábado, 11 de dezembro de 2010

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

FALSO ALARME | O governo do Irão desmentiu a notícia que informava da libertação de Sakineh Mohammadi-Ashtiani. Afinal está tudo na mesma. Devia de haver mais prudência nestas divulgações. Assim corremos o risco de transformar um assunto de extrema gravidade em fábula.


A SOLIDARIEDADE VALE A PENA | O regime iraniano cedeu. Sakineh Mohammadi-Ashtiani, condenada à morte por lapidação, foi libertada. Libertados foram também o filho e o seu advogado. Naquela terra vai logo tudo preso. Mas parece que agora, graças ao grande movimento de solidariedade internacional, os responsáveis iranianos devolveram a liberdade a estes cidadãos do seu país. Assim de repente parece que tudo acabou em bem.
Veremos os próximos desenvolvimentos.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010



RECEITUÁRIO | Clique na imagem para a ampliar.
GALERIA JOÃO ESTEVES OLIVEIRA
Rua Ivens, 38
Lisboa
A VIDA DOS OUTROS | Estive a passar a vista e a paciência por um ror de canais televisivos. O que me é dado a ver em tão heróica atitude? Bem, confesso que a curiosidade durou pouco, mas deu para observar algumas obras dignas de menção. Vejamos então. Há um programa americano, transladado para cá pela SIC-M, que desafia concorrentes, que bem poderiam ser incluídos na classificação de paquidermes, a emagrecerem. O desafio é de grandes proporções, basta observarmos as banhas que os felizes participantes exibem - os desgraçados aparecem em trajes reduzidos para que se percebam as vitórias alcançadas. Um susto.
Em outro canal - SIC-R - um grupo de criaturas, perfiladas em carteirinhas de escola, dispõem-se a participar numa coisa a que um qualquer guionista chamou Academia de Sexo. Contam experiências imbecis, sem graça, comandados por uma senhora com ar de mestre-escola modernaça. O sexo como negócio é sempre uma boa aposta.
Passei depois por um canal que nos revela as preocupações metafísicas de um punhado de cretinos, encerrados numa casa que dá nome a outro programa de excelência - Casa dos Segredos. Este da responsabilidade da TVI. Depois da deambulação, desliguei o aparelho. Dá para perceber as audiências de programas destes? É a vida dos outros que move a curiosidade do público destas merdas? Miserável.
O mundo a desabar e esta gente nisto. É triste. Mesmo.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010



RECEITUÁRIO | clique na imagem para a ampliar.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010



ROTA DE VINHOS | E que tal fazermos um brinde com um vinho que merece distinção? Acompanha com competência qualquer refeição, mas também se porta bem depois do repasto. O que não é coisa pouca para um vinho que permite convivências com bolsas menos recheadas. Adivinham-se os frutos maduros. Sabor prolongado. Delicioso. Tudo isto por menos de cinco euros. Verdade. Voltaremos à adega. À nossa.

Boas Vinhas
2008
Dão


RECEITUÁRIO | Contra o racismo e a xenofobia.
A malta apoia.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010



VIVA CÉSAR | Carlos César decidiu: nos Açores os funcionários não vão sofrer com as medidas decretadas pelo governo do continente. Arranja-se um prémio para o pessoal compensar a redução de salário. Não custa um cêntimo ao cofre das poupanças, diz. Moral da história: casa onde não há pão, uns pagam outros não. Louçã está com ele. E com aquele jeito para a homília, apresenta o caso como a coisa mais normal do mundo. Até se indigna com as afirmações de quem não concorda com a marosca. O melhor seria estar calado. Há coisas que não merecem tanto empolgamento retórico.

domingo, 5 de dezembro de 2010



FOI POR VONTADE DE DEUS | Alberto João Jardim informou-nos de quem manda no euromilhões, ao esclarecer que foi Deus que deu aos totalistas da Madeira o que os socialistas tinham tirado. Não esclareceu se é Deus que manda nos temporais, agora que outro ameaça o seu território. Por outro lado, os heróis do Hamas dizem que os fogos em Israel são um castigo divino. Deus ou anda muito distraído ou tem de arranjar outros amigos. Com estes não vai longe.

sábado, 4 de dezembro de 2010

O CÉU É O LIMITE | Em Espanha, a luta dos controladores aéreos revoltados e bem pagos acabou. As coisas não lhes correram de feição. Estas lutas que se misturam com as verdadeiramente justas, têm o condão de nada resolverem e de se transformarem em verdadeiros tiros no pé de quem as enceta. Tudo acabou em bem. Os céus estão em funcionamento. Pelo menos enquanto esta gente não se lembrar de pôr tudo em alvoroço por outra razão qualquer.
São as lutas que continuam.
ler também Eduardo Pitta no Da literatura

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010



SETE FADAS ME FADARAM
| Sete anos a mandar postas.
Venham mais uns quantos. Obrigado pela comparência.
+