terça-feira, 30 de abril de 2019

PASSOS DESENHADOS Mariana Viana andou em volta dos Passos em Volta de Herberto. Essa andança deu em desenhos magníficos que deram em bonito livro. Os desenhos vão estar agora no Espaço Ilustração da Casa Da Cultura | Setúbal. E o livro vai estar por lá à venda. A exposição abre sábado e fica disponível aos nossos olhares até ao fim de maio. Imperdível.
facebook

segunda-feira, 29 de abril de 2019

GERINGONÇA PENINSULAR? | Tudo nos leva a crer que a extrema-direita do PP foi parar ao VOX. Percebe-se que a direita espanhola está minada de saudosistas do ditador assassino. E nada nos diz que o PP não esteja ainda com os armários a abarrotar de esqueletos franquistas. Com tudo isto ficou a ganhar a esquerda, que agora vai fazer o que puder. Oxalá possa fazer alguma coisa. A direita só faz merda. Sempre.
facebook
CAIS DA ESPERAFernando Pinho foi procurar o que fica em terra enquanto os pescadores vão para o mar. Encontrou beleza nos objectos sobrantes. Encontrou utilidade na paisagem aparentemente inútil. Encontrou fotografia. Vamos olhar para este trabalho a partir de dia 4, na galeria da Casa Da Cultura | Setúbal. Até lá.
facebook

domingo, 28 de abril de 2019

A VOZ DO DONO | A gente já nem devia perder tempo com esta gente. Mas esta defesa primária da trampa que têm na cabeça, mais a mania de que somos todos parvos, tira-nos um bocadinho do sério. Agora querem reeditar conceitos. Conveniências. Ainda veremos esta avantesma dizer que o Hitler era de esquerda, como ladrou o outro. Já estivemos mais longe. 
Fonte Público
facebook

sábado, 27 de abril de 2019

RESÍDUOS DE LAR | Há objectos que se entranharam nas nossas vidas. Recordamo-los quando outros, obtidos em qualquer superfície comercial, são convocados para um serviço ocasional. São as coisas lá de casa, que ilustram dias passados. Outros comportamentos. Recordações. A nossa história pessoal é feita de pequenos nadas ligados a esses instrumentos. Esta minha exposição, na galeria e no café da Casa da Avenida pretende recordar para não esquecer. E quer também evocar José Afonso, neste ano em que se assinalam os noventa anos do seu nascimento. Como? Apareçam por aqui dia 3 ao fim da tarde. Logo falamos.
facebook
NOITE DE TERROR NA CASA DA CULTURA? | Não houve terror na Casa Da Cultura | Setúbal. Houve debate e denúncia. Sessão participada, que o tema não é brando e a sua aplicação deve ser lembrada para que não haja repetição. O fascismo espreita porque existiu. Que nunca mais exista.
Fotografias de Fernando Pinho
facebook

sexta-feira, 26 de abril de 2019

NOITES DE TERRORAna Cristina Silva foi perceber como funcionava a tortura das mulheres por mulheres. A autora de livros magníficos como, entre outros, Cartas Vermelhas e A Noite Não é Eterna, mergulhou num mar de terror que traz ao nosso conhecimento o "trabalho" desses seres do sexo feminino que torturavam e humilhavam com a crueldade dos seus parceiros masculinos. Surpreendentes revelações. Alice Brito, autora de títulos de primeiro plano como As Mulheres da Fonte Nova e, mais recentemente, A Noite Passada, vai apresentar o livro. Dulce Garcia vai estar presente, não vá a gente querer saber algum detalhe da preparação da edição. E, claro, Ana Cristina vai contar tudo o que passou para escrever este livro. É hoje à noite. Apareçam. 
facebook

quinta-feira, 25 de abril de 2019

quarta-feira, 24 de abril de 2019

AND THE WINNER IS... | Melhor comentário a esta situação pertence, na minha opinião, a José Serrão: "Mau. Temos a burra nas couves".
facebook

terça-feira, 23 de abril de 2019

SILÊNCIO IMPOSTO | Ainda existe gente agarrada ao passado. Um passado em que muita gente desapareceu e foi assassinada. Este documentário é uma denúncia. É é para ser visto com os olhos e a cabeça postos no futuro. Em Espanha também há Bolsonaros à espreita. É como por cá.
Fonte Midas filmes
facebook

domingo, 21 de abril de 2019

DEUS É GRANDE? | Mais um ataque religioso, em dia de celebração religiosa. A religião não é o ópio do povo, como pretende a teoria que nos viu crescer. É o ódio do povo. Odeia-se mais do que se ama, nas religiões. E o ódio mata. Pessoalmente, acho isto tudo inacreditável. Mas os crentes andam aí, com as suas convicções armadas. Boa páscoa para os crentes e também para os que não vão em fantasias, como eu. A páscoa não é comer e beber e estar com pessoas? Gosto disso. Matar para louvar um deus, como aconteceu agora no Sri Lanka, é que merece repulsa.
Fonte Expresso
facebook

sexta-feira, 19 de abril de 2019

OS SINDICALISTAS ANDAM DE MASERATIParece que o sindicato que pôs o país em polvorosa e a farroncas Cristas em alvoroço reivindicativo é composto por um presidente-patrão e por um vice-presidente advogado de negócios. Se florescer na moleirinha dos arrogantes grevistas a justa ambição de atingirem o patamar financeiro dos seus dirigentes, vamos ter problemas com abastecimentos dos depósitos — com consequente desassossego nacional — de certezinha absoluta. Há sindicatos estranhos. Muito estranhos.
Fonte DN
facebook

quarta-feira, 17 de abril de 2019

CONTRA O ÓDIO... ARGUMENTAR | É preciso reagir à infâmia. O ódio nem sempre mata, às vezes só nos tira do sério. O João Paulo sentiu a agressão. Defende-se. E bem. O agressor não passa da calúnia e do ódio mais básico. São vidas. Diferentes. 
Fonte Hoje Macau
facebook

terça-feira, 16 de abril de 2019

SEM SENSO E SEM VERGONHA | Será a promotora? É que não restam dúvidas de que esta farroncas está radiante com a oportuna greve dos camionistas que ameaça parar o país. Cristas, que foi uma das mais inábeis governantes desta terra, vem agora exigir resultados com prazos e tudo. Prazo apertado, que a irresponsabilidade desfila sempre de mãos dadas com a arrogância. O discurso é condizente com a arruaceira que se revela em todas as baixas atitudes que toma. Sem classificação.
Fonte Público
facebook
DESIGN DE COMUNICAÇÃO | Da série Grandes Capas. A tristeza também se comunica. A desgraça quando é bem comunicada ainda entristece mais. 
Fonte: Libération

facebook

segunda-feira, 15 de abril de 2019

PARIS JÁ ESTÁ A ARDER | Não é toda a cidade que arde. Nem é ataque de nazis, como anunciava este título lá para o meio do século passado. Mas esta catedral é uma das imagens mais fortes de Paris, logo, Paris está a arder mesmo. Isto é muito mau de ver. Dói.
Fonte RTP
facebook
OS CÁGADOS NÃO VÃO ÀS URGÊNCIAS | Lembram-se da estória do cágado do Salazar? Esta figura bíblica que muito frequentemente faz reluzentes aparições e profetiza futuros sempre pouco radiosos, saiu-se agora com esta. Provavelmente tem razão, e acredito que espere assistir à aplicação da profecia — Salazar vingado — para se rir na cara de quem agora o desmente e goza. Valente!
Fonte RTP
facebook
BIBI ANDERSSON | Sinto este fim como o de alguém muito próximo. Há coisas assim: sentimos que convivemos imenso com pessoas que nos impressionaram, mesmo quando a proximidade física não existiu. Os écrans corrigiram distâncias. Gostava muito de Bibi Andersson.
Fonte Far Out
facebook

domingo, 14 de abril de 2019

CLAUSTRO DAS MARIMBAS | Daniel Barenboim escreveu um livro para os "espíritos curiosos que tenham o desejo de descobrir os paralelos entre a música e a vida". Deu-lhe como título Está Tudo Ligado e como subtítulo O Poder da Música. A Catia juntou um raminho de músicas num disco que nos mostrou este domingo, no claustro do belíssimo Convento de São Paulo, ali muito perto da serra da Arrábida e do rio Sado. Chamou-lhe Rua das Marimbas e assinou a garota não. O cd é de ouvir e pedir mais. O espectáculo de apresentação foi uma ligação à vida pela via musical, como pretende Barenboim. A vida de Cátia é também a nossa vida: conceitos, referências, ambições, lutas, surpresas, amores, desgostos, desamores sem rancores. Citando Pessoa — figura agraciada no concerto — sentir sinta quem lê. E quem ouve, acrescento eu, se me permitem. É facto: estamos todos nas letras que esta cantautora nos fornece. Não é por acaso que uma referência calorosa a José Afonso ecoou no claustro. Vou dizer isto de outra maneira: A Garota faz estas músicas — ela e todos os músicos com vontade de perceber realidades — também porque José Afonso existiu. José Afonso acrescentou sonoridades novas à música que por cá se fazia numa altura em que intérpretes femininas francesas e anglo-saxónicas experimentavam falar da vida e da vontade de ser gente. Lembrei-me tanto delas ao ouvir a Cátia. Mas atenção: África também anda por ali. Marimbas ao alto, mesmo sem presença física.
Esta apresentação deslumbrou e emocionou. Sou suspeito, é certo. Eu gosto muito da Cátia. Mas acreditem que isso não vem agora à baila. O CD está muito bem produzido, os vídeos promocionais têm muita graça, e este concerto foi muito bem cantado e tocado. Tocante.
Músicas disponíveis no Spotify: A Garota Não
facebook

sexta-feira, 12 de abril de 2019

RECEITUÁRIO | Perceber como as novas gerações percebem José Afonso.
facebook

quinta-feira, 11 de abril de 2019

NAQUELE TEMPO... | O ex-papa, que se retirou para esperar a ida para os céus em regalado descanso, deteve-se sobre o problema e chegou a uma brilhante conclusão: a culpa de existir pedofilia é da liberdade sexual que se instalou nos anos sessenta do século passado. A pedofilia é, portanto, liberdade sexual. A igreja não permite que os seus membros pensem em sexo, mas se pensam... que sejam livres e felizes. Inserido no contexto, parece que foi desculpável, portanto. Santa paciência.
Fonte DN
facebook

quarta-feira, 10 de abril de 2019

O CORPO A PÉS JUNTOS | Na próxima sexta-feira vamos falar do CORPO, em mais uma conversa a pés juntos com António De Castro Caeiro e João Paulo Cotrim. Discutir e aprender. 
facebook

terça-feira, 9 de abril de 2019


ILUSTRAÇÃO EM BOM PORTO | O Bráulio a marcar pontos. Esqueçam lá essa do "português com sucesso lá fora". Não há pachorra. É um designer e ilustrador que vive o seu tempo no mundo em que todos vivemos. O Bráulio corre mundo. É do mundo. Nesse percurso, expôs na Festa da Ilustração - Setúbal, na edição de 2017. E voltará a Setúbal num dia de sol e alegria. Por falar nisso: a Festa da Ilustração deste ano aproxima-se. É em Junho, como sempre. Detalhes seguem dentro de momentos. Até já.
Fonte DN
facebook

segunda-feira, 8 de abril de 2019

BASES DO SISTEMA | Parece que na Comunicação Social por onde tem andado não é nada assim. Sabe bem do que fala, esta brilhante comentadora que subiu a vida a pulso.
Fonte Expresso
facebook

domingo, 7 de abril de 2019

NO REINO DE CRISTAS | Onde é que está a novidade desta notícia? A senhora está farta de avisar que é candidata a primeira-ministra. Não se sabe é o dia e a hora da tomada de posse. Mas estou em condições de arriscar: será no dia de São Nunca, lá pela tardinha. 
Fonte Notícias ao minuto
facebook

sábado, 6 de abril de 2019

A ESTUPIDEZ PROVA-SE? | Aqui o romancista do retrato diz para lermos as provas que apresenta nos seus romances. Quer dizer: tínhamos que ler aquela merda toda para atingirmos o nível de parvoíce que o atinge a ele. Escolhe outro. Livra!
Sim, a crónica é de 2016, mas está actual por mor do primata que foi agora a Israel bolçar atoardas semelhantes.
Fonte Público
facebook

quinta-feira, 4 de abril de 2019

TAMBÉM TU, CAVACUS?! | Pronto, o homem não é de ferro. Escusam de lhe dar porrada por isto. Houve mais gente para além das famílias nos seus governos. E esses foram mais prejudiciais à causa pública do que as mulheres de ministros e amigos dos amigos que nomeou. Família directa? O genro. Se há genro que se aproveitou bem da coisa foi o dele. Não teria sido melhor ter ficado calado?
Fonte Polígrafo
facebook

quarta-feira, 3 de abril de 2019

SEM DÚVIDAS NEM ENGANOS | Já é um hábito comentarmos a imbecilidade do primata. Ele chega-se à frente. As atoardas sucedem-se. Podia ser humor, mas não é. Não tem graça. A estupidez e a ignorância tornam-se vulgares. Isto até cheira. Já fede.
Fonte DN
facebook
RECEITUÁRIO | A frequentar.
facebook

terça-feira, 2 de abril de 2019

PLEXO - ESCULTURA DE CARLOS DUTRA | Carlos Dutra é o artista convidado para expôr na galeria da Casa da Cultura. Setúbal vai receber um escultor que já ali viveu e trabalhou. Agora, em Évora, continua a trabalhar e a observar o mundo. Esta escultura está cheia de mundo. E de vida.
A abertura é no próximo sábado. Convidados.

facebook

segunda-feira, 1 de abril de 2019

INTRODUÇÃO À POLÍTICA PARA TÓTÓS | Os primatas portugueses não se entendem uns com os outros, e também não entendem as regras que regem os entendimentos em democracia. Mas são letrados e mais ou menos bem falantes. Universitários primários, é o que é. Assim, com tanta trapalhada, os endireitas dos novos fascismos não levam a carta a Garcia. 
Fonte SIC-N
facebook
+