domingo, 31 de março de 2019



PEQUENOS NADAS | A medida é boa. O novo passe dos transportes vai melhorar vidas. Só gente que nem parece gente pode achar que este substantivo apoio a quem utiliza os transportes todos os dias é injusto, irresponsável, eleitoralista e mais não sei o quê. Mas essa gente existe. Há sempre quem ache que as coisas mais importantes estão por resolver. Igualdade de género? Casamentos diferentes? Fim assistido? Apoio à saúde e à mobilidade? Nem pensar. Importante mesmo é o que acham importante. E o que é importante então? Bem, vamos lá a ver: é a fome no mundo, a paz, a justiça, a educação, o sofrimento dos animais e das pessoas, o emprego para todos, a extrema desigualdade... Mas tudo isso pode ser positivamente ajustado por medidas políticas concretas que melhoram as coisas parcelarmente. Uma coisa de cada vez. E todas as coisas são importantes. É assim que se faz em política.
Ah, pois, a política, sempre a porcaria da política e dos políticos. Vamos então insistir nas orações aos céus e à caridade, é isso? Sim, talvez. A fé move montanhas.
Entendido. Para acabar a conversa vamos lá ouvir com atenção esta música do Sérgio. Toquem-na lá na missa. Pode ser que aprendam alguma coisa.

facebook

sábado, 30 de março de 2019

DESIGN DE COMUNICAÇÃO | Da série Grandes Primeiras Páginas. Edição de hoje do Libération.
facebook

sexta-feira, 29 de março de 2019


AGNÈS VARDA | Terminaram os dias de Agnès Varda. Muito obrigado por tornar os nossos dias melhores, Agnès.
facebook
GRANDE NOITE DE GRANDE POESIA | Duas grandes actrizes, a dizer um grande poeta, na sala José Afonso, da Casa Da Cultura | Setúbal, só pode dar em grande noite de grande conforto cultural. Muito obrigado, Lia Gama, Maria João Luís e Jorge Silva Melo.
Fotografia: Fernando Pinho
facebook

quinta-feira, 28 de março de 2019

PRIMATAS NO PODER | O primata que dirige o Brasil vai comemorar a repressão e o crime. Para estes idiotas não houve ditadura. O golpe dos militares criminosos que anulou a democracia entre 1964 e 1989 foi uma benfeitoria. É difícil acreditar nisto. Mas isto está a acontecer mesmo. O primata quer instituir o crime como salvação. O Brasil não está nada bem.
Fonte EL PAIS
facebook

quarta-feira, 27 de março de 2019

DIA DO TEATRO | ... E hoje há teatro por todo o lado. Ainda bem. Que continue a ser assim. A gente precisa de reparar na vida. E também de tentar percebê-la. Até logo.
Fonte Artistas Unidos
facebook

terça-feira, 26 de março de 2019

CARLOS BARÃO EM SETÚBAL | As telas de grandes dimensões foram pintadas para esta exposição na galeria da Casa Da Cultura | Setúbal. Exposição original a que chamou GOTA. É privilégio nosso recebermos esta mostra deste artista singular. Estes trabalhos de Carlos Barão podem ser observados até ao próximo fim-de-semana. Merecem deslocação e observação, claro está. A caminho.
facebook

segunda-feira, 25 de março de 2019

MANUEL GRAÇA DIAS | Muito triste, o fim de uma vida como a do Manuel Graça Dias. Dizer: descansa em paz, é pouco. E dizer que fica a obra também. É muito triste ele deixar de estar entre nós.
facebook

domingo, 24 de março de 2019

HERBERTO EM VOZ ALTA | Os grandes poetas continuam a ser ouvidos na sala José Afonso, da Casa Da Cultura | Setúbal. E trazem ao nosso convívio a sua poesia pela voz de grandes nomes do teatro. No próximo dia 28 é a vez de termos entre nós Lia Gama e Maria João Luís. Honra e privilégio nosso. Anotem na agenda.
Fotografia de Herberto Helder por Alfredo Cunha
Fotografias de Lia Gama e Maria João Luís por Jorge Gonçalves


sábado, 23 de março de 2019

JOSÉ AFONSO'90 | Nasceu faz em agosto noventa anos. Teve uma vida cheia. Mudou a maneira de ouvirmos a música portuguesa. Mudou-a. Experimentou até ao fim. Percebemos que muito ficou por fazer. O fim prematuro ditou a interrupção de promissoras sonoridades. Por todo o lado está a ser relembrado. É que a obra não morreu. A obra dos génios não morre. As influências desenvolvem-se e ditam novos caminhos. A imagem que junto a este badalar é para assinalar actividades que vou desenvolver durante o ano. Em maio vou estar na Casa da Avenida com três intervenções estéticas. No Café da Casa vai estar "Resíduos de lar", uma exposição que aborda a ideia de casa no trabalho de José Afonso. Para já é isto. Um dia destes falamos.
facebook
CAPELINHA DO PENSAMENTO | O que está aqui em causa não é a professora Fátima Bonifácio pensar mal e porcamente como opinadora reaccionária que é. É legitimo que assim pense e quem quiser que a ature. O que comove é a turpe de pensadores que elege como detentores dos melhores raciocínios. A senhora acha que são aqueles que pensam bem porque pensam como ela. Sejamos justos: a capelinha está muito bem arranjadinha, benza-a deus.
Fonte Público
facebook
ENGENHOCA 5.7 | O movimento do Morgado quer abalar Portugal tendo como referência a Aliança Democrática de má memória. Projecto pessoal do Morgado com ganas de liderança. Parece que querem fazer uma revolução conservadora. O Tavares do 10 de Junho já teceu loas, e a direita em peso quer escancarar este armário. Apresentam-se como grandes pensadores e pretendem abrir as cristaleiras das avós sem luvas brancas. Que se lixem os cristais. Viva o pechisbeque. Ainda não se sabe se o Bannon ex-Trump lhes vai dar uma mãozinha. Mas de cá do burgo estão lá todos. Fiquem assim entretidos a brincar na sala da avó, até às férias grandes. Cuidado com os chocolates. Não sujem os maples. 
Fonte Observador
facebook

SABEDORIA DIVINA | Esta mulher sabe coisas que não lembram ao diabo. De facto, de falta de água percebe ela. Quando era ministra tinha uma solução bestial: rezava aos céus para que a chuva viesse. não resultou. Mas ela tinha cá uma fezada na medida governamental da oração...
Fonte DN
A ORIGEM DAS ESPÉCIES | A primeira-ministra da Nova Zelândia defende exactamente o contrário dos líderes do Brasil e dos EUA. Existe uma razão para isso: é que ela tem um cérebro. E funciona. Bem. Muito bem.
Fonte DN
facebook

quarta-feira, 20 de março de 2019

APRENDER, APRENDER, APRENDER SEMPRE | A frase pertence a Lenine. Para além do apelo do líder comunista à aprendizagem, a realidade confirma a ideia: estamos sempre a aprender. Sabíamos que, para além dos tipos de sangue que a ciência denomina, existe também o sangue azul que corre nas veias da milenar nobreza. Agora, o jornalismo de investigação de uma estação televisiva encontrou outro tipo sanguíneo - o comunista. Estamos sempre a aprender, de facto.
facebook

terça-feira, 19 de março de 2019

A DIREITA VAI DE CARRINHO | A medida é excelente. Pensa nas pessoas e no ambiente. Atitude política de esquerda. É difícil ser contra. Cristas foi mais esperta. Passou ao lado da coisa. Mas Rui Rio fez-se parvo e fingiu que não percebeu nada. Ou então não percebeu e é mesmo parvo. Negrão fez a figura triste do idiota útil. Faz sempre.
Fonte SIC-N
facebook
DESIGN DE COMUNICAÇÃO | Da série grandes capas. "Crazy Time" por Mark Ulriksen.
facebook

segunda-feira, 18 de março de 2019

A FÉ E AS ALCATIFAS DO PODER | O padre Melícias, homem de profundas convicções religiosas e financeiras, adverte para o perigo de um secretariozeco de estado poder estragar os negócios do seu amigo Tomás Correia. Melícias não se ajoelha perante qualquer altar. Há uma hierarquia nestas questões de fé. A linguagem corrige patamares. Um Grande Franciscano não pode passar cartão a um governantezeco de meia-tijela. O padre Melícias e o banqueiro Correira habituaram-se aos estrados bem revestidos. Tirá-los das altas alcatifas não é tarefa de um qualquer.
Fonte Jornal de Negócios
facebook

sábado, 16 de março de 2019

FILOSOFIA DE ESTALO | Parece que afinal a violência que Carrilho exerceu não é doméstica. Parece que a julgadora de serviço tratou sempre o agressor como grande figura — senhor professor — e a agredida como gente menor. Enfim, parece que há uma violência doméstica primária e outra universitária. Se os primários são safos por sentenças de inspiração bíblica, será que os universitários são absolvidos com justificações filosóficas?
Fonte Observador
facebook

sexta-feira, 15 de março de 2019

SAUDADES DO FUTURO | Mesquita Nunes vai safar-se na Galp? Marcelo vai recandidatar-se e quer maior votação de sempre? Bruno Vitorino diz disparates sem trambelho? E o que é que isso interessa para a nossa felicidade? O acontecimento da semana foi a manifestação do pessoal que está preocupado com o futuro porque quer ter um. Aqui está uma causa que pode unir gente. Desta vez faz mesmo sentido dizermos que queremos mudar o mundo. É que se não o mudarmos ele não aguenta. Os Trumps da vida (é mais da morte) não percebem isto porque se estão borrifando para tudo. Somos nós que teremos de insistir. A luta continua. Tem de continuar mesmo.
facebook

quinta-feira, 14 de março de 2019

PARA ACABAR DE VEZ COM AS IDEIAS? | Leonor Antunes foi convidada para representar o país Portugal na Bienal de Veneza. É uma representante e pêras. Se o governo fosse de direita não aceitava o desafio. Tem toda a liberdade de assim pensar e de dizê-lo. Artista não tem direito a ter ideias? Agora tudo tem de ser "abrangente" e simples, contra as ideologias? Não eleger a direita é uma rejeição. Rejeitamos a hipocrisia das suas políticas. Quando a direita está no poder são as ideias velhas que dominam. A Arte fica para o plano das coisas inúteis. Às vezes com a esquerda também, mas nunca é a mesma coisa. A direita é serôdia e triste. Repugna. Esta é só a minha opinião. Vale o que vale. Vale muito, para mim, que sou quem decide ter as minhas opiniões. 
Fonte DN
facebook

terça-feira, 12 de março de 2019

PRÓS E CONTRAS | Agora existe uma ciência humana chamada informática. Que nome mais feio para uma ciência. É uma desgraça o facto de a informação substituir a cultura. Jorge Luis Borges
facebook

domingo, 10 de março de 2019

ASSIM VAI O MUNDO | O que pensar quando assuntos de estado sérios e importantes para o mundo são discutidos entre um primata e um troglodita envernizado? 
O estado a que isto chegou.

Fonte Público
facebook

sexta-feira, 8 de março de 2019

PARA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DE FLORES | Flores comemoram relações pessoais. Namoros. Relações longas. Ou mesmo relações curtas. Celebrar é festa e alegria. Mas o dia que comemora a luta das mulheres deve ser celebrado com atitudes. Luta por direitos iguais, por salários justos e pelo fim da violência. "Mulher na democracia não é biombo de sala", diz José Afonso na canção. Estimule-se o debate. Manifestemos o descontentamento. Celebremos a alegria da igualdade. Borrifem-se nas flores.
facebook

quinta-feira, 7 de março de 2019

OS NOVOS MONSTROS | Mais mulheres assassinadas. Será um campeonato qualquer de violência? Que monstros se escondem entre nós?
Imagem QT
MISERABILISMOS | Miseravelmente enxovalhado? Muito justamente enxovalhado, o miserável.
facebook

quarta-feira, 6 de março de 2019

A DESORDEM DAS COISAS | Grande rebuliço por causa de uma canção que vai "representar" Portugal no eurofestival. Fui insultado por não comentar o desfile. Como se quem tem "a mania que sabe tudo" — o insulto começava assim — tivesse que comentar tudo sem excepção porque sim... ponto. Também fui classificado de só ter um olho — versão contemporânea de Ciclope, pelos vistos — por não comentar um programa — de gastronomia, pelo que percebi — onde o primeiro-ministro foi cozinhar uma cataplana de peixe.
O concurso das representações musicais televisivas não vejo desde os doze anos — onde isso já vai — e os programas de cozinhados políticos e afins nunca vi. Confesso que me pus em alguns, uma ou outra vez, durante uns minutos, mas aquilo não é assunto para quem tem "a mania que sabe tudo". Acho mesmo que é para quem não quer saber de nada.
Este esclarecimento é feito porque os insultos me divertiram. Não pretendo justificar nada. Não digo aqui coisas para mudar o mundo, nem me pretendo expôr a sofrimentos. Os insultos surpreendem-me, mas não se entranham. Resvalam. Contudo agradeço-os. Foram divertidos. É bom existirem caçadores dos "sabe-tudo", mas não sou caça que se aproveite. Lamento.

facebook

segunda-feira, 4 de março de 2019

QUANDO O RIDÍCULO PODE MESMO MATAR | Não, não se trata de uma piada de um qualquer humorista menos inspirado. A Associação Sindical de Juízes vai organizar um workshop de maquilhagem para comemorar o dia da Mulher. Provavelmente a sugestão surgiu de exemplos anteriores, de outras geografias. E se calhar é mesmo para que as marcas de violência sejam disfarçadas. Mas nesse caso, algo foi esquecido aqui. A violência existe quando a mulher não se portou à altura. Quando, segundo o pio juiz misógino, a mulher não respeitou o marido e justificou com esse atropelo a agressão. Por isso, eu acho que antes das sessões práticas de maquilhagem, deviam ser ministradas umas aulas de catequese para adultos: leituras de passagens bíblicas e esclarecimentos sobre o papel da mulher no lar. Aulas de passar a ferro camisas e boxers, de dar uns pontinhos nos pequenos e grandes rasgões, de saber fazer e servir o jantar, de estar à mesa com preceitos e sem discordâncias... Enfim, tanta coisa para aprender que evitaria violências e acentuaria o respeito por quem deve mandar. Pensem nisto, senhores doutores juizes. Já que metem a mão na massa que seja com todos os ingredientes.
facebook

domingo, 3 de março de 2019

E UM ESTALO NA CARA, NÃO? | O senhor Neto de Moura, com a recente ameaça a quem o critica, revelou que vive de facto noutro tempo. Um tempo em que o cidadão comum não tinha opinião e os senhores juízes eram o pilar da razão e da Justiça sem a mínima contestação. Contestar ou criticar uma decisão de um juiz é um pecado que deve ser castigado. O senhor Neto de Moura e o seu advogado devem viver no fundo de uma caverna muito profunda. Não percebem o tempo de hoje, daí esta inabilidade. E daí não se entender porque se insiste em mandar o homem para os tribunais. Ele não tem condições para julgar. Isto é o mais simpático que se pode dizer destes pouco iluminados justiceiros. Para sermos justos teríamos que usar vocabulário menos próprio. Ou menos bíblico. E isso deixa estes manhosos espantados e indignados. Ainda não perceberam que vivemos em democracia e que todos os cidadãos e cidadãs têm direitos e deveres. Não perceberam nada. Se percebessem alguma coisa não faziam estas figuras ridículas que ainda os afundam mais.
O texto de Ana Sá Lopes asserta-lhes mesmo na tromba.
Fonte Público
facebook

sábado, 2 de março de 2019

SEM QUALIDADES NEM DECÊNCIAO que se está a passar no Brasil não tem classificação. Agora, com a morte de um neto de Lula da Silva, os apoiantes do primata agora presidente sairam dos buracos onde vegetam em festejos pela morte de uma criança de sete anos. Os fascistas — é assim sem outro enleios que se devem classificar os actuais governantes lá do pedaço — já não precisam de disfarçar: têm sempre ali à mão uma legião de idiotas que os admira e protege. Nós, as pessoas decentes, só temos que lamentar a morte de uma criança e mantermo-nos solidários com Lula. Os primatas já não têm solução. Resta-lhes voltar para os buracos das ideias imundas.
facebook

A VER EM SETÚBAL | Dia em cheio na Casa Da Cultura | Setúbal. Duas exposições de grande qualidade. Carlos Barão com GOTA, uma excepcional mostra de esdrúxulos originais, na galeria de exposições, e Sara Feio com a sua BRUTA, na galeria do Espaço Ilustração. Abrem hoje às 18 horas e ficam por cá durante todo o mês de março. Quem avisa?
facebook

sexta-feira, 1 de março de 2019

NÃO ME DIGA!? | Aquele momento em que o presidente que omite sem limites, se apercebe que afinal o seu par para as negociações mente descarada e compulsivamente. 
Fonte DN
facebook
+