domingo, 22 de julho de 2018


GENTE SINISTRA | Trabalhou com Aznar. Não rejeita Franco. É um jovem de direita à antiga. Um defensor de políticas restritivas. Espanha poderá ficar muito mal entregue, se os espanhóis escolherem democraticamente estes novos "democratas". Com estas perversões da democracia arriscamo-nos à ascensão de um novo fascismo. Tudo isto foi avançando devagarinho, mas agora eles avançam sem medos e sem vergonha. A ideia parva salazarenta de que a política é para os políticos tem de ser apagada do nosso vocabulário. Não podemos ficar calados. Nem quietos.
facebook
+