quarta-feira, 28 de março de 2018

CORRENTE DE FÉ, DIZ ELE | Provavelmente referia-se às correntes que tolhiam os movimentos aos seus ouvintes à força. Já sabíamos que estes agentes da autoridade são danados para a porrada, mas esta obsessão por correntes é novidade, ou não? Será que já estamos a sofrer influências dos hábitos dos republicanos americanos? A fé tudo salva? E a estupidez destas "autoridades", salva?
Fonte Expresso
facebook
+