quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

A SANTA CRUZADA MANDA | Até percebo que esta gente viva segundo os seus dogmas. E percebo que queiram impôr aos outros as ideias serôdias que exibem como lucidez religiosa. Segue-os quem quer e pratica o que dizem quem estiver por esses ajustes. Só não percebo quem diz ter respeito intelectual por esta criatura de deus. Não se tem respeito por quem faz a apologia do proibicionismo. Não podemos estar de acordo com quem sugere algo tão pouco saudável por submissão a uma fantasia religiosa. As entidades responsáveis pela saúde dos portugueses deviam pronunciar-se sobre este disparate. Deixem as pessoas ser livres de fazer o que acham melhor para si. Não fodem? Não fodam. Mas não andem a foder a cabeça aos outros. 
Fonte Público
facebook
+