sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

DA PORRADA COMO ATITUDE | O presidente do PP espanhol e, já agora, o rei, pelo silêncio cúmplice e pela pouca habilidade política revelada, foram os grandes perdedores das eleições na Catalunha. As criaturinhas de Deus acharam que era a mandar polícias para o terreno que as coisas se resolviam. A solução, pelo menos onde a democracia está em exercício, é sempre política. E mesmo onde a democracia não está nos manuais políticos, a solução é sempre política porque é a política que permite negociações e entendimentos. A grande chatice é que o PP e o rei, ao perceberem mal o problema, não o resolveram. Agravaram-no. Não é à porrada que se resolve o que quer que seja. Porrada traz mais porrada. 
Pintura de Antoni Tàpiés

facebook
+