sábado, 12 de agosto de 2017

AGOSTO A GOSTO | Este mês tem destas coisas: a foleirada abunda, mas os jornais estão mais saudáveis. As entrevistas que por aí têm sido publicadas são antídotos contra o lixo televisivo que adoptou como grandes escolhas as repugnantes festarolas de verão, minadas de cantores de ritmo manhoso. Nos jornais têm sido publicadas grandes entrevistas. Francisco Vale falou com João Céu e Silva, em entrevista para o DN. Edita porque quer mostrar o melhor que é escrito. É só por isso que nunca editaria escritores manhosos literariamente sem ponta por onde se lhes pegue. Os escritores a sério "são capazes de tocar no fogo sem medo de se queimarem, causam estranheza, abalam certezas e escrevem livros de que saímos diferentes do que éramos". São estes escritores que nos interessam. São estes editores que nos ajudam a não frequentar a mediocridade vigente. Siga a conversa.
facebook
+