terça-feira, 25 de julho de 2017

OS ABUTRESDava jeito que as vítimas fossem muitas mais? Mas sessenta e cinco sempre é melhor do que sessenta e quatro. Faça as contas. Fale com as funerárias. Do líder parlamentar do partido que tratou as pessoas como se de assunto de números se tratasse, só se espera esse papel. As coisas correm-lhe mal, não é verdade? Então, força. Exija. Reclame, bom homem. Aguardamos resposta ao ultimato.
Agora a sério: oxalá os números não correspondam ao que anseia. A vida das pessoas é bem mais importante do que a sua vidinha política de merda.
Fonte DN
facebook

+