terça-feira, 25 de abril de 2017



FAZ TÃO BEM, SABER COM QUEM CONTARFAZ TÃO BEM, SABER COM QUEM CONTAR | E chegou o dia. Há quarenta e três anos este dia foi o princípio de muita coisa. Antes era difícil expressarmos opinião. Impossível, mesmo. Há quem diga que sempre disse o que pensou. O 25 de Abril não lhes trouxe nada de novo. Acredito. Mas quem é que quer saber das opiniões de quem só tem disparates para partilhar? O que a gente queria era saber o que andavam a fazer os escritores que admirávamos. Os realizadores que tinham coisas novas para dizer. Os artistas visuais que apresentavam a vida de maneira diferente. Os actores que representavam outros papéis. Os músicos que tocavam outras melodias. Os políticos que ouviam as pessoas. Toda essa gente não podia ser ouvida no Portugal que acabou nesse dia. Tinham que se calar. Tinham que sair do país. Os estrangeiros que queríamos conhecer eram corridos daqui para fora. Proscritos e malditos.
Os arautos do regresso ao passado continuam na rota da baboseira. Hoje continuam a poder transmitir livremente as suas ideias. É a liberdade. É a democracia a funcionar. Nós, os que vibrámos com o 25 de Abril também continuamos a exprimir ideias. É por isso que continuamos a ouvir, a ler, a olhar e a frequentar o que de melhor por aí se faz. Sérgio Godinho não desiste de partilhar o que faz tão bem. Convoquei-o para vir até aqui. "É tão bom saber com quem contar", diz. É isso. Vamos contando uns com os outros. Juntos, como dizia o Zeca, "seremos muitos, seremos alguém". Bom 25 de Abril.
facebook
+