terça-feira, 28 de março de 2017

DENÚNCIA | AGRESSÃO A PROFESSOR EM SETÚBAL | Isto tem de ser amplamente denunciado. As pessoas não podem estar expostas a agressores violentos e sem princípios. 
Denúncia da professora Paula Pinheiro, no facebook:

Ontem, na hora do almoço, um colega da EB1JI da Bela Vista foi brutalmente agredido pelo pai de uma aluna.
Os motivos? Certamente derivados da intervenção do professor, momentos antes, para separar a filha dele, de outra menina, numa briga. 
Setúbal!!! Alô?!!!
Professores da cidade! Alô!!!!
Onde estamos? Onde queremos ficar?
Alguma coisa errada está a acontecer com os professores, com os seus sindicatos.
Uma classe profissional digna e nenhuma sala de aula hoje abriria portas. 
A escalada de agressão junto dos docentes cresce. Há uma guerra cada vez menos surda contra quem ensina.
Às agressões e aos abusos, se cada um de nós não põe os pés à parede, as direcções das escolas respondem com silêncio e procuram silenciar.
O estado em que actualmente nos encontramos é catastrófico.
Para os pais não chatearem, para a hierarquia não chatear, para os alunos não chatearem, os alunos não aprendem, não são responsabilizados por nada, não produzem... e crescem a acreditar que as regras do jogo são estas... e chegam à idade adulta num estado de um deplorável analfabetismo certificado. 
BASTA! 
(a maior solidariedade com o colega agredido, qualquer que seja o enquadramento da agressão)
facebook
+