quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

NAVEGAR É PRECISO | As queixas avolumam-se. Parece que o insulto impera. Não dou por nada. Provavelmente tenho sorte. A palermice não se dá bem no meu espaço de opinião. Aliás, os palermas não têm lugar no meu espaço de opinião. O regozijo pelo mal de alguém revela uma absoluta falta de carácter. Desejar a morte a alguém é vil. Não é respeitável. Tenciono continuar neste patamar. 
facebook
+