segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

DIGNIDADE ATÉ AO FIM | Morreu a senhora que achava que morrer também tem preceito. Obrigar alguém a viver contra a sua vontade não era passagem do seu diário. Lutou contra a hipocrisia religiosa e contra a estupidez natural. Lutou pela vida com qualidade. Chegámos a trocar umas opiniões por correio electrónico. E pronto: a morte faz parte da vida. Laura Ferreira dos Santos sabia isso muito bem. Gostava muito dela.
facebook
+