segunda-feira, 21 de novembro de 2016

MAFARRICO | Afinal Passos Coelho tinha razão. O diabo está aí. Encontrou na Caixa e na ausência das declarações de rendimentos o seu tão desejado inferno. Mas como sempre foi um trapalhão na oratória, estraga tudo quando compara a actual situação com o rigor do seu governo. Dá para rir, mas não podemos dizer que o homem não se esforça. Passaram nas televisões umas imagens em que fazia uma coreografia qualquer a propósito de uns números. Ridículo como o diabo.
Fonte Expresso
facebook
+