quarta-feira, 5 de outubro de 2016

MUNDOS | Não sou nacionalista nem bairrista. Estas aclamações passam-me quase sempre ao lado. Não vi na nomeação de Durão Barroso para a Europa qualquer vantagem para os de cá nem para o mundo. Não me entusiasma esta vitória de António Guterres. É acima de tudo bom para ele. Mas a manobra pouco cristalina dos senhores do mundo para alterarem trajectos e manietarem resultados envergonha quem ainda considera a política actividade nobre e a melhor maneira de resolver os nossos males. Enfim, sem entusiasmos, fico satisfeito com esta eleição. Venceu a política e a democracia. Sobretudo porque são derrotadas atitudes lamentáveis.
Que tudo corra pelo melhor a António Guterres.

Fonte Público
facebook
+