quarta-feira, 28 de setembro de 2016

GAIVOTA EM TERRA | Novo livro de Sándor Márai em primeira edição em Portugal. A capa avisa inevitavelmente que este senhor é o autor de As Velas Ardem até ao Fim. Foi nesse livro que Márai me foi apresentado. Descobri assim um escritor denso e triste, mas impregnado de Literatura com L grande. Um pouco moralista para o meu gosto, mas os gostos discutem-se e a singularidade narrativa anula o distanciamento. A folha de rosto do livro esclarece que a tradução, do húngaro, foi confiada a Piroska Felkai. Tradução excelente devidamente revista pela minha amiga Clara Boléo, que também tratou da responsabilidade linguística. A edição é também de uma amiga: Cecília Andrade para a Dom Quixote. Enfim, é ler. Toda a gente sabe que gaivotas em terra são sinal de vendaval. Esta não sinaliza um vendaval literal, mas sim literário.

A GAIVOTA
Sándor Márai
Tradução Piroska Felkai
Edição: Cecília Andrade 
Revisão de tradução e linguística Clara Boléo
Capa Maria Manuel Lacerda
Livro composto em Rongel
Fonte tipográfica desenhada por Mário Feliciano
Publicações Dom Quixote | Setembro | 2016
facebook 
+