terça-feira, 20 de setembro de 2016

ESCOLHAS | Parece-me claro que Mariana Mortágua escolheu o caminho mais difícil. Claro que é muito mais fácil sacar umas massas aos funcionários públicos e perpetuar o trabalho precário. Claro que é muito mais fácil e eficiente cortar nas reformas e reduzir salários. Há um grupo imenso de portugueses que paga e não bufa. E não ameaça sair do país. Pois é, Mariana, e há um certo povo português que odeia funcionários públicos e que acha que devem ser sempre os mesmos a pagar as despesas dos que agora ameaçam sair do país e deixar de investir e mais não sei o quê. Não há pachorra.
Fonte Económico
+