sexta-feira, 10 de junho de 2016

O MEL E AS MOSCAS | Não vejo grande evolução em relação ao ano passado nas comemorações e nos comportamentos. Cavaco bazou mas as moscas ficaram. Marcelo recuperou as comemorações para o lugar onde as coisas aconteciam no tempo da outra senhora. Condecorou exemplares combatentes do tempo da luta colonial. Enalteceu nacionalismos. Foi populista. Manteigueiro mesmo. O que é que o país e a democracia ganham com isso? 
facebook
+