quinta-feira, 30 de junho de 2016

MANUAL DE NORMAS | As condecorações são lastro que me passa ao lado. Mas nada tenho contra quem as merece. A triste figura que ocupou o Palácio de Belém durante uma década, sempre se recusou a reconhecer o valor de Salgueiro Maia. Preferiu condecorar os carrascos de muitos democratas. Marcelo veio agora corrigir essa casmurrice. Estes gestos valem o que valem. Mas valem sempre alguma coisa quando anulam a atitude de um grunho inclassificável. 
facebook
+