quarta-feira, 16 de março de 2016

O NÃO CIDADÃO | O cidadão acha que está a ser ofendido nos seus direitos como ser humano. O cidadão que matou setenta e sete pessoas, não se conforma com a situação em que se encontra. O cidadão esquece que não é um cidadão qualquer. Ou por outra, não é um cidadão porque renega a cidadania. É um nazi assumido. E um nazi assumido é um refinadíssimo filho da puta. Só isso. 
Fonte Expresso
facebook
+