quinta-feira, 17 de março de 2016

A CANÇÃO DE TELMO | O deputado do CDS-PP Telmo Correia, irritado, muito irritado, falou no parlamento para rejeitar este momento histórico. Normal. Está no seu direito. Este momento histórico não conta a história que ele queria ouvir. No meio da irritação acusou a esquerda de continuar a cantar o Grândola, enquanto eles continuam a preferir o Hino Nacional. Também é normal. Nada contra o Hino, mas também é normal que estes direitinhas empedernidos se escondam atrás do Hino em reacção a tudo o que avança e progride. O Hino não tem culpa. Eles têm. Os nacionalismos surgem de buracos inimagináveis. Uns são ridículos, outros são perigosos. Telmo Correia é só ridículo. 
Fonte Expresso
facebook
+