sábado, 16 de janeiro de 2016

MARCA | Ok, aquilo é uma marca. Um dissolvente instantâneo. Os donos dos meios de comunicação decidiram tudo. Os outros candidatos não perceberam que estavam a invadir território alheio. Uns pensam que isto é uma escolha para uma instituição de justiça, outros acham que é uma eleição da casa dos segredos. Também anda aqui gente séria — temos em quem votar —, mas a tropa-fandanga tratou de lhes trocar as voltas. Só o comentador pantomineiro percebeu o que estava em causa. Há muito tempo. Por isso partiu em vantagem. Há uma populaça que gosta de circo como de pão para a boca. Dá nisto.
Imagem Alex Gozblau
facebook
+