sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

GUERRABruxelas ataca. Expectável. As regras estão traçadas a régua e esquadro. Em Portugal, A nova chefe dos centristas ajuda as tropas da direita europeia. Fala de umas misturas de cores que fazem mal a Portugal. Percebe-se, o governo em que a senhora pontuou fez um bem desgraçado ao país e aos seus habitantes. A responsável por políticas que deixaram pessoas idosas em situações complicadíssimas devia estar calada que nem um rato. Mas não, há ratos que demoram a abandonar o navio.
Fonte DN
facebook
+