quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

OPERÁRIO EM CONSTRUÇÃO | Um operário é proposto para o Conselho de Estado e isso é notícia precisamente por ser um operário a ocupar a cadeira. Claro que Domingos Abrantes é operário, mas vai para o lugar porque tem uma vida que é muito mais do que estar na fábrica. O doutor Dias Loureiro também não esteve lá por ser doutor. Foi para ali convocado por ser um empresário de excelência, como muito bem referiu Passos Coelho. Prefiro o operário: tem uma história por trás que o identifica com os valores de resistência à ditadura. O doutor Loureiro sempre esteve mais preocupado com os valores da sua conta bancária pessoal. 
Fonte DN
facebook
+