domingo, 8 de novembro de 2015

UM ACORDO DIFERENTE | É possível um entendimento entre a esquerda. Esta é a oportunidade que há muito desejo e aqui referi muitas vezes. A esquerda une-se para corrigir "inevitabilidades" que mais não são do que a aplicação do catecismo neoliberal de entrega de tudo a uns poucos. A esquerda pratica diferenças entre si porque é diferente. Tem ideias diferentes e chama as pessoas para a fila da frente. A direita une-se para praticar o "sempre foi assim" e põe as pessoas a servir essa premissa. Tudo vai ser diferente? Acredito que sim. Nada poderá ser igual ao que esta direita extrema nos sujeitou durante quatro anos. O que for soará. Boa sorte, Portugal. 
facebook
+