terça-feira, 14 de julho de 2015

O LADO CERTO E O LADO ERRADO DAS COISAS | Anda aí grande reboliço por causa de umas fotografias da mulher do primeiro-ministro. A senhora está doente e nota-se. Apareceu ao lado do marido e notou-se. Agora andam uns notáveis a acusar "a esquerda" de ser do pior que há. Pelos vistos o comité central do PCP, a mesa nacional do Bloco de Esquerda, as direcções do PS, do Livre e de outras estruturas representativas dos cidadãos de esquerda juntaram-se para denunciar a ousadia. Acusar alguém de fazer campanha por exibir uma fragilidade física é repugnante. Acusar quem é de esquerda de ter a pretensa denúncia dessa exibição como marcador ideológico é reles. Sou de esquerda e nunca me passou pela cabeça apontar uma característica física para tentar humilhar alguém. Incomodou-me esta idiotice de me incluírem, como a todas as pessoas de esquerda, nesta mescla inventada pela direita militante. Era só.
facebook
+