sexta-feira, 5 de junho de 2015

O BPP NUNCA EXISTIU | Rendeiro foi acusado pelo Ministério Público de burla qualificada. Endrominou accionistas do banco. Afinal parece que não foi bem assim. O dinheiro desapareceu porque sim. É a sua função. A "justiça" resolveu absolver o homem forte do banco assim como os seus comparsas. Rendeiro diz que se fez justiça onde deve ser e não na praça pública. Ficamos com a dúvida de que o BPP tivesse existido. Mas de uma coisa temos a certeza: a justiça não existe mesmo.
facebook
+