quarta-feira, 15 de abril de 2015

ESPELHO MEU, ESPELHO MEU... | Mas que trabalho, homem?! O desemprego nunca visto? A emigração a imitar os tempos de Salazar?! Mas que ajustamento? A redução dos salários?! Que modelo de desenvolvimento?! A facilitação dos despedimentos? Irra, que é demais.
Fonte Expresso
facebook
+