sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

SOMOS TODOS RONALDO? | E agora o país anda curioso com a vida amorosa do rapaz. Parece que não tem sido visto com a namorada. Assunto de grande preocupação noticiosa. Pudera. O nosso grande orgulho nacional é jogador da bola. Não há comentador ou político que não o atire para a frente como esdrúxulo motivo de regozijo. Um dos comentadores televisivos mais salientes, de discurso manhoso mas que ostenta carteira recheada de ouvidores, até o foi entrevistar a Madrid. Ontem ouvi, na RTP1, um comentador que foi ministro, decretar que todos devemos seguir o exemplo de Ronaldo. Diz ele que é um incentivo para o desenvolvimento do país.
Todos devemos, portanto, ser bons futebolistas. Como nunca fui em futebóis, nada tenho a acrescentar como exemplo para o meu país. E claro que o crescimento me passa ao lado. Será que perco cidadania?
O que faço? Emigro?
facebook
+