sexta-feira, 26 de setembro de 2014

UM HOMEM EXCEPCIONAL | Afinal o homem é honestíssimo. Trabalhou para a Tecnoforma — no tempo em que foi deputado — completamente de borla. Só apresentava as despesas. E não abriu portas nenhumas, ou seja, não arranjou negócio nenhum para a dita empresa. Afinal o homem não fez lá nada e não recebeu nada. O que estaria lá a fazer? Não será melhor ir para um convento?
facebook
+