segunda-feira, 22 de setembro de 2014


A FORMA DAS COISASMarcelo e Mendes até reconhecem que a coisa aconteceu. Passos recebia ilegalmente umas massas valentes da Tecnoforma enquanto era deputado. Mas estes bons amigos do primeiro-ministro acham que o então rapaz até não o fez por mal. Não deu por nada. Também quando se falou na angariação de trabalho para a mesma empresa pelo vendedor doutor Miguel Relvas, Teresa Caeiro veio a terreiro defender Passos Coelho: o primeiro-ministro não soube de nada. Das duas uma: ou são tão amigos do líder que nem se importam de fazer figuras tristes, ou então acham que o homem é mesmo tão parvo que tudo lhe passa ao lado. Escolham.
facebook 
+