quarta-feira, 12 de março de 2014



QUE A VOZ NÃO TE ESMOREÇACompletar mais um ano de vida é motivo para festejar? É.  É sempre bom festejar a vida. É bom andar por cá. Muito bom mesmo. Apesar das terapias que nos injectam uma certa forma de vida. Terapias da provação. Maneiras sofisticadas de nos tolherem movimentos e ambições. Nem todos estamos rendidos aos "inevitáveis" cumprimentos. Nem todos estamos de acordo em pagar dívidas de quem viveu e (se) governou acima das nossas possibilidades. Pobres mas honrados? Não, muito obrigado. Abençoados os que sofrem? Não, nada de encíclicas miserabilistas. Não me contento com a cultura de marmita que nos querem impingir. Hoje vou esquecer o lixo que nos rodeia. Aliás, quase nunca dou por ele. Só quando fede. Frequento os trilhos da curiosidade intelectual que faz avançar o mundo no sentido das coisas depuradas e arrebatadoras. No dia do meu aniversário, dou os parabéns a quem não se cala e exige o melhor. Por isso convoquei o melhor para ilustrar musicalmente este desabafo. Viva a vida da gente. 
[Música: José Afonso. Interpretação visual: Eurico Coelho]


+