segunda-feira, 24 de março de 2014

O MUNDO ÀS AVESSAS | A extrema-direita europeia navega de vento em popa. A onda corre de feição à filha do antigo timoneiro da secção francesa. Há já muitos lugares onde nazis, fascistas e outros trogloditas são escolhidos para o leme. Lugares onde outrora foi a esquerda popular a marcar. O povo já não é de esquerda. Já não atribui à esquerda a libertação e a transformação. A esquerda passou a usar a mesma marca de camisas da direita. Os donos da esquerda que ganha eleições passaram a comprar as gravatas na mesma loja do centro comercial exclusivo. Assumiram atitudes de gosto bastante duvidoso. A extrema-direita tirou a gravata, arregaçou as mangas e conseguiu convencer o povo das suas "generosas" pretensões. Agora temos aqui um caso sério. E se não nos pomos a pau estamos mesmo tramados. A democracia pode pôr em perigo a democracia. O mundo anda às avessas. E arrisca-se a ser um sítio mal frequentado e perigoso. Medo.
facebook
+