quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

SOPA DE NÚMEROS | O caminho foi traçado com precisão. O desfecho era previsível. O optimismo de Passos e Cavaco é compreensível. A receita está a funcionar em pleno. O desemprego baixou. Os portugueses responderam aos apelos do primeiro-ministro: uns emigraram e outros deixaram de ser piegas. Deixaram de procurar emprego. Desistiram. Estão instaladas as condições para a boa prática da caridade. Excelente. É tão bom haver pobrezinhos. Também muitos reformados deixaram de receber as reformas. Deixaram de viver. É a vida. Os números responderam. Os números portam-se tão bem. E os barómetros reagiram. Tudo está a correr a contento. Que mais se pode pedir a um governo neoliberal? 
facebook
+