sábado, 15 de fevereiro de 2014

LUZES DA RIBALTA | Diz que passam a vida a abordá-lo para voltar à ribalta. Afinal o homem só se sente bem em frente às luzes. O anonimato mata-o. O ridículo não. Pobre Nobre.
Notícia: Sol
facebook
+