segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

INSUSTENTÁVEL LEVEZA… | Ainda haverá quem defenda a praxe como ritual de integração? O que os seus defensores dizem nas sucessivas reportagens sobre a ignominia é tão ignóbil, que coloca outra questão: a tão apregoada geração de ouro, a geração mais preparada de sempre que andamos a lamentar ter de sair do rectângulo para se governar, é a da fornada que aparece muito contente por ser humilhada, ou é a que resiste e dá a cara contra a humilhação? É que se é a da fornada "praxada" com gosto… vá andando. Gente muito contentinha por ser ofendida já cá há em excesso. Vão pela sombra. 
facebook
+