terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

A POLÍTICA É PARA OS POLÍTICOS | Geralmente é assim: aparecem uns génios capazes de resolver todos os problemas. Claro que não querem saber da política para nada. Estão acima disso. São os técnicos geniais. Os operadores da realidade. Depois as coisas correm mal, enganam-se, manipulam, e fazem trinta por uma linha, mas a culpa foi de quem insiste na política. Emparelham-se todos ao lado uns dos outros e defendem o estóico regime da contenção e da austeridade. Para os outros, é claro. Eles continuam a opinar, a escrever livros ilegíveis, a largar postas de pescada, a facturar. Gaspar acha insultuoso ser considerado o quarto elemento da troika regedora. Logo ele. O corajoso tecnocrata que fez frente aos algozes estrangeiros. Haja paciência. Cavaco deu início a este sinistro processo. Vitor Gaspar é candidato a novo guru do regime económico apolítico. A política é para os políticos. Nós só fazemos contas. E temos os bobos da imprensa para animar o desfile dos acertos. Não é assim, pedaços de…
facebook
+