quarta-feira, 6 de novembro de 2013

O RICARDO | Conheci o Ricardo quando ele colaborava com a Dom Quixote. Não tínhamos encontros frequentes. Encontrava-o em lançamentos de livros, e, muito espaçadamente, em livrarias, em busca de livros "surpreendentes", como ele dizia. Era um militante dos seus autores. "Já conheces Fulano?", "já viste a escritora que aqui está?". O entusiasmo era competência profissional, mas era também amizade. O Ricardo Machaqueiro gostava das pessoas. E gostava de gostar. Ultimamente trocávamos "likes" e comentários de ocasião no facebook. A última vez que estive ao vivo com ele foi no funeral do Miguel Portas. É muita gente a morrer. Não há coração para tanto abandono. Daqui a pouco vou despedir-me do Ricardo. Confesso que vou mesmo muito contrariado. Isto não deveria acontecer tão cedo. Um grande abraço para todos os seus amigos.
Muito obrigado pela tua amizade, e por tudo, Ricardo.
facebook
+