segunda-feira, 7 de outubro de 2013

AS PALAVRAS E O VENTO | Mota Soares, o ministro do partido de Portas, muito solidário e amigo dos pobrezinhos, sobre os cortes nas pensões de sobrevivência diz: "é a introdução de uma condição de recursos". Vivemos num tempo inculto em que as palavras já não são o que eram. Os actos nada têm a ver com o que é dito. E o que é dito só serve para nos tramar. Anda um palavreado no ar que incomoda. Tudo o que vem desta gente incomoda. E revolta.
facebook
+