quinta-feira, 26 de setembro de 2013

SÓ PROMESSAS... | Primeiro estranha-se, depois entranha-se, lá dizia Pessoa de um refrigerante. Lembro-me que quando apareceram certos programas televisivos caiu o Carmo e a Trindade: não pode ser, batemos no fundo, dizia-se. Recordo programas como um apresentado pelo actor Júlio César que inundava o "piqueno" ecran com cantores de feira. Ao que isto chegou, pior é impossível, eram os mimos mais simpáticos. Vejam agora: preenchem horário nobre e são vedetas da política. E o Big Brother? Lembram-se? Raios e lagartos. Ora, um programa em que há sexo ao vivo já não aquece nem arrefece. Aguardo com expectativa o anúncio de um programa que exiba duelos ao vivo. Com pistola e tudo. Isso é que era.
imagem: keepcalmandbeaprincess.blogspot.pt
facebook
+