quarta-feira, 13 de março de 2013

COELHO PASSADO | O chamado primeiro-ministro passou-se hoje na Assembleia da República. Lida mal com o contraditório. Chegou ao ponto de repreender Assunção Esteves, denunciando a linguagem utilizada pela deputada dos Verdes, que acusou o governo de roubar os portugueses. Ora, Passos acha que tem razão: o Governo não rouba, cobra. Mas Assumpção Esteves também esteve bem. A eficácia dos debates vive da liberdade da linguagem. As regras permitem uma certa dilatação dos argumentos. Passos começa a lidar mal com tudo isto. Anda crispado. Finalmente deve ter percebido que aquele fato não lhe cai bem. Tem bom remédio. Desande.
+