sexta-feira, 26 de outubro de 2012

COMADRES | No lançamento do livro de Cristina Carvalho sobre António Gedeão, no final mesmo, Manuel Freire, antes de cantar pela enésima vez a Pedra filosofal, questionou o ministro Crato sobre a possibilidade de merecer uma licenciatura, já que, andando a cantar há meio século, equivalências não lhe faltarão. A sala rebentou em aplauso. O ministro deu uma gargalhada e aplaudiu também. Sejamos razoáveis. É claro que ninguém acredita que Nuno Crato reconheça a licenciatura de Relvas. E parece que agora a coisa vai piar mais fino. Estamos cá para ver. ionline 
+