terça-feira, 9 de outubro de 2012



AQUILINO RIBEIRO MACHADO | Morreu Aquilino Ribeiro Machado. Não o conheci pessoalmente. Tropeçámos no facebook. Comentei vários dos seus excelentes textos, e ele fez o favor de participar em contendas no meu mural. Tudo o que escrevia era incisivo e certeiro. Foi um prazer muito grande ler o que escreveu. Conheceu a República mal abriu os olhos. Era um inabalável republicano. Do pai herdou o prazer da retórica e o exercício da polémica. Foi o primeiro presidente eleito da Câmara de Lisboa, quando a democracia despontou. Um democrata convicto e activo. Foi muito bom estar consigo, Aquilino. Muito obrigado por tudo.
+