segunda-feira, 1 de outubro de 2012

OUTRA BESTA |  Alexandre, o grande, o homem do supermercado que os repórteres agora só tratam como o "homem mais rico de Portugal", em entrevista à RTP, referiu-se a António Saraiva como "outra besta". Este iluminado patriota referia-se à reacção do presidente da CIP  às declarações "infelizes" de António Borges. Como fala na "outra" besta, ficamos sem saber se a designação se aplica também ao seu colaborador Borges das bocas parvas. O merceeiro rico detém a Razão, e diz as maiores barbaridades como se fossem a razoabilidade. Insulta tudo e todos em linguagem próxima da mais requintada alarvidade. Com a imensa riqueza ficou insuflado de arrogância. É um facto: esta terra está minada de bestas quadradas. Os disparos surgem de todos os lados. Estamos no meio de fogo cruzado. E desesperado.
facebook
+