domingo, 3 de abril de 2011

O PAÍS VAI DE CARRINHO | O País está minado de falta de senso. A vergonha também não abunda. O lirismo reivindicativo continua a convocar paragens irrealistas e egoístas. Entretanto surgem os abrangentes salvadores. O bonzinho Fernando Nobre chega-se à frente. João lobo Antunes, agora moralizador político, escolhe culpados e aponta sentenças. Freitas do Amaral alerta para a eficácia do FMI. Mário Soares aplaude. O provável próximo primeiro-ministro está obcecado com a ideia. Deveria colocar essa possibilidade como vantagem nos slogans de campanha. O tempo passa e a coisa agrava-se. Lá longe, o FMI faz das suas e nada resolve. A Grécia continua sem trambelho. Deviam pensar um bocadinho nisso antes de encetarem o pote da nossa cozinha.
+