sexta-feira, 1 de abril de 2011



FUTURO REDUZIDO | Completamente de acordo com o João Gonçalves no seu portugalzinho. O futuro não é amanhã. O nosso futuro pode muito bem estar reduzido a esta espuma dos dias que escorre no presente. É mau, mas receio que não haja melhor asfalto para a caminhada. Só pedras, no meio do caminho.
+