sexta-feira, 18 de março de 2011

SOLUÇÃO SOBERANA | A dívida soberana ditou as regras do poder político. Os governos europeus ditaram subtracções várias. As populações aguentam e sofrem. Os Bancos que iludiram e enganaram são os heróis salvadores da Economia e têm que ser salvos custe o que custar. As ideologias valem o que valem, ou seja, muito pouco. Em Portugal instalou-se a total irresponsabilidade. A vozearia brota de todos os lados. Adivinham-se e desfazem-se alianças como quem troca de t-shirt. Eleições nada vão resolver. Quem vai formar maiorias é quem sempre as formou. Todos percebemos isto, mas estamos mortinhos por entrar no folclore eleitoral. Será assim tão difícil fazer as contas sem o lápis da ideologia? Seremos assim tão diferentes uns dos outros ao ponto de não conseguirmos entender-nos? Sinceramente começo a não entender os políticos profissionais.
+