quarta-feira, 2 de março de 2011



A FACTURA, POR FAVOR | Há eras que isto me mete confusão. Qual a razão de recebermos um talão inútil e só termos direito a um documento válido depois de expressamente solicitado? Porque é que a fatura não é naturalmente fornecida ao comprador sem mais pedidos? Parece que agora todos estão de acordo: Governo, sindicatos e patrões querem tornar o fornecimento do papelinho justificativo da compra obrigatório. Só não se percebe é porque levam tanto tempo a perceber as coisas. Já agora: para quando a obrigação de pagarmos o IVA só depois de se ter o dinheiro em caixa? Evitava problemas. Muitas vezes o IVA é pago antes do cliente - que muitas vezes é o Estado - ter feito a correspondente transferência. Isto causa grandes chatices a quem tem que ter impostos em dia. Vejam lá isso.
+